quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Cats & Dogs

NuvensDo ar desapareceu aquele cheiro bom da terra fresca e da erva molhada para ficar este pastel húmido com odor a bafio.

Diz-se que entrámos num ciclo de trinta anos de arrefecimento global, em que o Inverno se reinventa para nos dar cabo da cabeça, como se fossemos bruxelenses.

E o mar ali, ao alcance do olhar, não fosse o nevoeiro, essa maldita praga que há séculos nos prossegue.
LNT
[0.029/2010]

3 comentários:

Nuno Pereira disse...

Isso é nostalgia!
Amanha já iremos ter o sol a abrir brechas para chegar até nós o mais rápido possível.

anamar disse...

Visite o "Inverno" no MAR À VISTA... é assim que estamos....
Por Bruxelas, pintei a sala de amarelo, então pensava.- " o sol está aonde eu quero..." e, assim sobrevivi...
Com uma "Leffe",ao lado, claro....
Abraço
:))

Helena disse...

"o nevoeiro, essa maldita praga que há séculos nos prossegue"
- grande frase!

E nem me fale, Luís. Não me lembro de quando foi a última vez que vi o sol. Para não falar do céu azul.