sexta-feira, 30 de julho de 2010

Ganda treta, Toni

Vaca

Ganda treta essa do pâncreas com bichesas dar cabo da vida a um gajo como a naifa do talhante já tinha afanado a da vaca que te deu o colete.

A solidinidariedade comendadoreira com que te agranciaram foi do camandro, oh catano, oh caneco!, um supônhamos do semi-pós-modérnico condecorativo para te circunspectear o finishing.

Como dizias ao Zézé no Carlos Alberto da Franguesia de Benfica..., ora, fosca-se!

Não deixaste nada por dizer mas ficou muito mais por fazer.
Agora descansa, chavalo.
LNT
[0.269/2010]

9 comentários:

Anónimo disse...

Cum catano...e mai nada. Fosca-se...Ficou muito mais por fazer, é verdade!

mdsol disse...

Bonita homenagem

:))

Francisco Castelo Branco disse...

A conversa da treta vai ficar na memoria do humor.

tal como é uma treta o cancro.

GJ disse...

A vida acaba sempre numa treta.:-)

fatbot disse...

Há um a mensagem deixada por ANTÓNIO FEIO que deve ser " escutada " sílaba a sílaba e se possível interiorizada e quem sabe ... CUMPRIDA " Aproveitem a Vida! Ajudem-se uns aos outros! Apreciem cada momento!Agradeçam e não deixem nada por dizer nem nada por fazer! " LINDO!!! Era BOM que fossemos capazes de cumprir ... Mas ... Até SEMPRE

OFB disse...

Obrigado pelas gargalhadas, pela mensagem, pelo modo de estar...por tudo!

Foi Bonito..Feio!

Maria disse...

Ai Toni, Toni que me pegastes uma ganda treta de partida. Eu ca pensava quias matar o bicho a rir, e enganastes-me. Caraças, Toni! Ainda tinhas tanto para dar.
Tou pa qui a tentar brincar e as lágrimas a sairem em cataputas dos sacos lagrimais. Isto não era coisa que esperasse de ti. Pregastes-me uma ganda tristeza, dpois de me teres feito rir mesmo que não tivesse vontade.
Como diz o amigo Luis, descansa chavalo, puto, gaiato que admirei e sempre vou admirar.
Tu não morrestes, pois não maroto? Foi só um passeio da treta.
Até um dia querido António.
Beijo sem adeus.
Maria

Anónimo disse...

Mas que raio de humorista que logo nos põe a chorar...cum catano será da seson?
A gente já estava há espera, mas fosga-se, questa merda custa!Luis Reis

Anónimo disse...

Só se é digno de homenagem. Irrita-me este péssimo hábito de dar palmadinhas no caixão quem parte.
Quantas vezes em vida, esta gente hipócrita passa ao lado e despreza os valores culturais que este país tem. Agora foi o António (Tony) Feio. Ontem foi o Raul Solnado, anteontem outro, etc. etc.
Então é ver os canais televisivos irem rebuscar os arquivos, soprar o pó das fitas e colocar epitáfio no canto da tv. Toca a homenagear aquele, que tantas vezes esquecemos em vida.
BASTA de tanta hipocrisia e de falsa ética.
A memória do povo não vai esquecer os que fizeram acções muito relevantes pela cultura portuguesa.
Por essa e muitas outras razões eu digo.
ANTÓNIO FEIO para sempre.