quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Os cromos e os bonecos

Cartoon - Juan Carlos e ChavezO Facebook está em festa animada. Não sei quantificar, mas muitos dos seus utilizadores aderiram a uma proposta de boa disposição e trocaram temporariamente a sua fotografia de perfil por uma outra que represente uma personagem da banda desenhada.

Não é por isso que o Facebook deixou de ser o que é, nem é por isso que aquilo que por lá se passa passou a ser melhor ou pior, mas há sempre mal dispostos a quem a boa disposição incomoda.

Às pessoas sérias, ou pelo menos àquelas que se levam muito a sério, é interdito brincar e essas pensam que por se brincar com coisas sérias, elas deixam de valer.

Como já vi muita coisa séria ser tratada a brincar e muitas brincadeiras, algumas muito prejudiciais, serem tratadas a sério, fico-me por aqui com um:

Viva a banda desenhada! Abaixo os cromos!
LNT
[0.417/2010]

11 comentários:

Anónimo disse...

o único cromo aqui é o autor do post que não perceber que toca da foto de perfil por banda desenhada era uma homenagem fúnebre e não uma "proposta de boa disposição" com o aqui se diz.

porém, e devido à mentalidade de rebanho e carneiro, os utilizadores portugueses do FB aderiram em massa sem se preocuparem em saber o que estava em causa.

ou seja, a ignorância continua a marcar passo e este post é um bom exemplo disso.

Luis Novaes Tito disse...

o anónimo (tinha de ser anónimo) é capaz de explicar a que homenagem fúnebre se está a referir?

E será capaz de explicar onde vê a "mntalidade de rebanho" de que fala?

E terá alguma noção do que é uma rede social? E terá alguma noção de que confundir o colectivo com um rebanho é coisa própria de quem pensa que tem o rei na barriga?

E será que se julga mais esperto ou sabedor do que todos os outros só porque manda umas bocas destas, ou porque a sua condição de anónimo lhe dá valentia suficiente?

Já não há pachorra.

Anónimo disse...

não há pachorra é para gajos que escrevem posts como o seu e depois perguntam "é capaz de explicar a que homenagem fúnebre se está a referir?"

para a próxima informe-se melhor antes de escrever posts destes.

e de depois sou eu que tenho a mania que sou mais esperto que os outros.

já não há pachorra é para pessoas como você.

aqui fica o link: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/corrente-solidaria-no-facebook

passe bem.

Helena disse...

Alto lá! O único cromo aqui são pelo menos dois. Eu também gostei da ideia. E é a primeira vez que ouço falar nessa homenagem fúnebre. Será que só contaram ao anónimo? Mesmo que fosse (duvido) saía-lhes o tiro pela culatra: o que a gente já se riu por estes dias só por conta da bonecada!

Anónimo disse...

nem imagina a helena o que eu e os meus amigos já nos rimos à conta dos totós que participaram numa homenagem fúnebre sem saberem.

coitadinhos...

Luis Novaes Tito disse...

Ah!, o Correio da Manhã disse... então se a Bíblia do jornalismo disse, está dito e ponto final.
Gosto especialmente da “Cuca Moutinho”, uma fonte muito credível...
Não há mesmo pachorra, anónimo.

Sempre lhe digo que a minha adesão foi resultante de outra ideia e fonte e, todos nós que através dessa fonte aderimos, estamos fartos de rir de tótós como você.

A sua ignorância sobre o funcionamento das redes sociais só pode resultar naquilo que escreveu. Anónimamente, claro, como é timbre dos covardes.

Vá lá ler o Correio da Manhã para ver se há mais matérias de faca e alguidar para fundamentar a pachorra de aqui fazer comentários como aqueles que fez anteriormente.

Anónimo disse...

quando não se tem argumentos, é o que se lê.

e eu é que tinha a mania que sabia tudo... que tristezinha, senhores!

você é grande otário, é o que é: não só foi enganado como se recusa assumir que o foi.

ahahahahahaah!!!!

Luis Novaes Tito disse...

O que você não percebe, cromo anónimo, e possivelmente nunca perceberá, é aquilo que a nós nos tem divertido.
O que o irrita é o facto de nós nos divertirmos sem termos de lhe pedir licença (aliás não a pedimos a ninguém). Irrita-lhes a liberdade, embora já fosse tempo de se habituarem a ela. É por isso que uns insistem no anonimato e os outros assinam e dão a cara.
Passe melhor.

Luis Novaes Tito disse...

Tem toda a razão, Helena.
O que isto já nos fez rir, não há nenhum anónimo que o tenha conseguido impedir e isso irrita-os.
Rir é bom e pelos vistos não sou só eu que gosto.

maloud disse...

Pois não, Luís. Eu também gosto e era só o que faltava vir um anónimo, um pequenino ou um Dâmaso (Salcede?), por decreto, roubar-me esse prazer. Devem ter saudades da apagada e vil tristeza do tempo da outra senhora.
PS - Os velórios na minha família sempre foram divertidíssimos ;)

Helena disse...

Pequeno ponto de ordem à mesa: estamos a perder demasiado tempo com anónimos.
'Bora lá pró facebook?
Estou a gostar imenso de ver tanta bonecada que já tinha esquecido. E os: "olha, olha, quem este foi escolher!", "que engraçado", "bem visto, sim senhor!", etc.
E mais as conversas em casa: "ó mãe, tu vais escolher a Mafalda, não vais? Eu pensei no Calvin, mas depois acabei por escolher um desenho giro do Ideafix."
Parece-me que estamos a assistir a uma espécie de flash mob no Facebook, e muito divertido, por sinal.