quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Concurso de Natal 2010 - Ovelhas de Presépio [ XI ]

Concurso de Natal 2010Como se sabe, está aberto até ao próximo dia 15 de Dezembro o concurso de Natal d'a Barbearia do Senhor Luís que é, neste ano de 2010, subordinado ao tema Ovelhas de Presépio.

A publicação de todos os post deste concurso, incluindo o do regulamento, estão disponíveis no marcador "concurso ovelhas de presépio" e o álbum com as imagens concorrentes está disponível no Facebook


Concurso de Natal 2010 – Néné17ª concorrente admitida

Maria Novaes Machado Vidal, não tem Blog, mas tem endereço Facebook e é uma antiga conhecida desta casa (ou não fosse minha irmã).

Que não se pense que será por isso que o júri vai ter qualquer preferência, até porque a ovelha do barbeiro, que só vai ser apresentada de seguida, é a que reúne, tal como em concursos anteriores, a preferência do colectivo.

Ao admitir estes dois belos exemplares ovinos de Cascais, o júri rendeu-se ao bom gosto e pareceu-lhe ter ouvido um “pecébe” por entre os balidos trocados no cortar da casaca.


Concurso de Natal 2010 – Tinta Azul18ª concorrente admitida

Tinta Azul, do Blog a Lua Flutua, concorre com o animal escolhido, acompanhado pela Chasing Sheep is Best Left to Shepherds, executada pela Michael Nyman Band.

Claro que a música, embora bem representativa da coisa da pastorícia, em nada influenciará a decisão do júri que, com agrado, admitiu o animal e se o link para a partitura aqui fica, é para deleite dos outros concorrentes.

O júri, mesmo com a vida dificultada, continua atento. Observa as caixas de comentários e vê as tramóias que se preparam.

Ainda falam do wikileaks.


Concurso de Natal 2010 – LNT19º concorrente admitido

Luís Novaes Tito, do Blog a Barbearia do senhor Luís é não só o anfitrião desta casa, como tem sido também o permanente vencedor dos concursos anteriores.

Por vezes reparte esse lugar mas, devido à qualidade dos exemplares com que concorre, nunca deixa dúvidas ao júri, tanto na admissão como na qualificação final.

Este ano apresenta uma magnífica ovelha oriunda das américas, amplamente representada na arte popular daquele continente.

Obama, himself, esteve em dúvida sobre se não lhe teria sido mais favorável uma ovelha desta estripe na Casa Branca do que admitir o Bo, um cão de água de raça lusitana.

Mais palavras para quê? Os outros concorrentes não desanimem, mas...
LNT
[0.464/2010]

26 comentários:

maria disse...

o meu exemplar a concurso: http://jardimdeluz.blogspot.com/2010/12/uma-ovelhinha-do-genero-masculino.html

Estimado barbeiro: espero que tenha em conta a originalidade e as longas horas de pesquisa para encontrar a minha ovelhinha macho a caminho de Belém...

eternamente grata,
maria

António P. disse...

Esotu boquiaberto e calado :))

mdsol disse...

Este lote de concorrentes mais parece uma irmandade... hummmm!

:)))

Luis Novaes Tito disse...

Pois parece mas o júri é muito competente e imparcial e não vai em cantigas por isso tenham fé.

Helena disse...

Ó senhor Barbeiro (com o alvoroço quase ia escrevendo senhor Varveiro, é só para ver o estado em que estou): então este concurso agora não faz controle de doping? Essa sua ovelha tão lãzuda deve estar encharcada em hormonas até ao pescoço! Até me parece que há por ali manipulação genética. Aposto que por baixo da lã encontra uma etiqueta da Monsanto.

(agora é esperar que o wikileaks revele que o admirável júri está infiltrado pelo capitalismo internacional transgénico...)

Posto isto,
;-)

Nuno Pereira disse...

Aqui a minha ovelha(as).

http://quilimili.blogspot.com/

Luis Novaes Tito disse...

Estava a estranhar que a voz da Berlim unificada ainda não tivesse vindo com a conversa dos transgénicos.
Pois fique sabendo que a lãzuda é filha de pais americanos premiados, logo uma menina de muito boas famílias.
Embora o focinho seja negro não faz parte do grupinho que anda de Harley, nem é adepta dos Guns.
Adora concertos de violinos de Chopin. Uma intelectual solitária no meio do rebanho.

Helena disse...

Pois olhe que tem mais cara de gostar do Richard Clayderman...

Tenho de falar com o júri. Jawohl, jawohl.

Luis Novaes Tito disse...

Qual Clayderman?

Elton John, isso sim, acompanhado no sopro por Ratzinger e na precursão por Merkel.

O júri está inacessível para evitar influências

Anónimo escondido com o rabo de fora disse...

Eu gosto muito daquela ovelha do Sr. Luís.
Diria mesmo que me parece a mais bonita, esteticamente falando...

maloud disse...

Amen.

Helena disse...

Isto de ser estrangeirada é uma tragédia. Aqui, chamam-me estrangeira. E na minha terra, desconfiam que tenho um não-sei-quê com a Merkel e o Ratzinger e passam a vida a mandar bocas.
Só por causa do que sofro - snif, snif - as minhas ovelhinhas já mereciam ganhar!

Ó senhores do júri, tenham piedade! Dêem uma alegriazinha a esta pobre emigrante que anda cá fora a lutar pela vida!

maria disse...

menina Helena,

chegue-se pra lá: a minha ovelhinha macho de produção oriental tem muito mais categoria. Merece o prémio, merece pastar em Belém...enfim...é a candidat@ perfeit@

O Juri é soberano: não vale vir pr'aqui com choradeiras.

Anónimo escondido com o rabo de fora disse...

Não sei se já disse que gosto muito daquela ovelha do Sr. Luís.
Diria mesmo que me parece a mais bonita, esteticamente falando...

maria disse...

mau maria!!! olham'este!

uma ovelha é uma ovelha...já uma ovelhinha macho...espécime nada canónica...tem muito mais pinta!

Tinta Azul disse...

Sr Luís
Eu assumi, desde logo, que a minha ovelhinha, foi roubada. Vem aqui, aproveita para ser bem tosquiada e depois regressa ao dono...que não sei quem é...mas enfim, bom pastor também não deve ser, senão tinha dado logo pela sua falta.

:)))

Luís Bonifácio disse...

Aqui vai a minha ovelhinha

http://novafloresta.blogspot.com/2010/12/prenda-de-natal-para-o-luis-novais-tito.html

Helena disse...

Olhem-me para este anónimo escondido com o rabo de fora! Aposto que está a ver se o senhor Barbeiro lhe faz depois um precinho de amigo no cabelo e barba!
Ai, se é assim, também sei brincar, e cá vamos nós: eu também acho a ovelha do senhor Barbeiro fantástica. Aaaah, um exagero de fantástica. Tão fantástica que havia de ganhar o prémio extra, para ovelhas super-fantásticas.
Uma vez resolvido esse assuntozinho, o primeiro prémio vai para - Oh! mas que grande surpresa! não estava nada a contar com isso! - os contribuintes alemães, que bem merecem. Hehehe.

Luis Novaes Tito disse...

Ariel,
Gosto muito da sua ovelha e prometo uma tosquiadela distinta.
:)
Obrigado por a ter enviado.

anónimo escondido com o rabo de fora disse...

Desde que uma data de países europeus aderiram ao Marco alemão e ele se passou a chamar Euro, as provocações são aquilo que se vê.

Como se o "Bundanstágue", ou lá como se chama a coisa, não empochasse os dinheirinhos desses patos que passaram a ter aí o seu banco central.

Dêem mas é o primeiro prémio à ovelha barbeira que é a mais bonita de todas, Santo Deus, e ainda por cima é americana.

Helena disse...

Ó senhor anónimo,
pronuncia-se "bundas-tac" (não sei porquê, mas ocorrem-me logo associações de ideias que não devia ter, óvaderetro, óvaderetro).
O mais irónico do marco/euro é que os alemães não o queriam. Nem pensar. A passagem para o euro foi o preço que o Kohl aceitou pagar para os franceses não lhe torpedearem a reunificação.
Ou seja: a culpa é, como sempre dos franceses. Deixem os pobrezinhos dos alemães em paz.
;-)

Ai a ovelha é americana?!!!
Já podiam ter dito! (Quer dizer: já podiam ter repetido)
Vou-lhe já largar o wikileaks às canelas, é agora que se vai ver uma ovelha a fugir a galope e aos coices. Nunca visto.

(Afinal quanto é que o prémio vai dar? Começo a desconfiar que estou aqui a gastar o meu latim por menos que pouco)

Luis Novaes Tito disse...

Vai dar muita alegria...

Luis Novaes Tito disse...

Já leu o texto do concorrente 25?

Helena disse...

Li, li, mas fiz de conta.
Então querem lá ver que além de não me garantirem logo que me dão o primeiro prémio, ainda estão a contar que mande as bolinhas de Berlim antecipadamente?!
Pensarão que eu sou ovelha como as outras? Nã, nã.

Aliás: este blogue já parece a Nova Zelândia. Nem sei como é que o senhor Barbeiro consegue dormir com tanto balido.

Só as minhas, ah, as minhas ovelhas, em vez de mé mé como umas patarecas, dão música da boa.
E vrrruuuuummmmm, toca a sair desta caixa de comentários, onde ainda me hei-de perder.

Só mais uma informação, para aumentar a cultura geral de todos: em alemão, as ovelhas fazem mäh mäh. Mas lê-se "mé mé"...
(como é que a gente se há-de entender em relação ao Euro, se até em coisas tão simples e evidentes como estas, estando a dizer o mesmo escrevemos de maneira tão diferente?) (e nem ouso ir ver como é que balem as ovelhas francesas) (de onde se conclui que no tempo em que os animais falavam tudo era mais fácil. Mas depois inventaram a escrita...)

anónimo escondido com o rabo de fora disse...

Fräulein,
Essa, de como fazem as ovelhas francesas, toda a gente sabe.

Basta ouvir a Madame Sarkosy.

Mon chéri, mon chéri. (leia-se, em francês, mé, mé e em alemão mäh mäh)

Helena disse...

Ó anónimo com o rabo de fora,
Nem é preciso falar na madame Sarkozy. Ontem, o próprio Sarkozy fartou-se de fazer "mais... mais..."
Dizia ele: "Je comprends la situation de ces pays, mais... mais... il ne faut pas demander aux français de payer le prix de l'inefficace des autres."
E a Merkel? Curiosamente, "mähen" significa "balir", mas também "ceifar".

Começo a desconfiar que este concurso é uma coisa muito mais séria do que parecia.