quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Onde andará a Wikileaks

DouradaIsto é como aquela outra coisa que se passa com os polícias. Sempre que é preciso um, nunca aparece.

Chovem encomendas anónimas nesta vossa casa de bem-estar e outros penteados.

A última, em vez de robalos, trazia douradas.

O tabuleiro de xadrez é bonito mas não serve para nada numa casa onde só se joga às damas. E já agora, por falar em xadrez, que tal estará o tempo em São Tomé? Por cá não vai mal, embora o processo BPN que hoje deve começar a ser julgado... (perdi-me no raciocínio. Esta minha memória anda pelas ruas da amargura).
LNT
[0.479/2010]

4 comentários:

maloud disse...

E eu quase. Julgava-o em Cabo Verde, mas não há dúvida que S.Tomé é que é a terra do cacau.

ariel disse...

Estou como a maloud, julgava-o em Cabo Verde...

Luis Novaes Tito disse...

Mas estão falar de quem?
Maldita memória. Não tenho memória desse facto de Cabo Verde. Nem do outro de São Tomé.

mdsol disse...

Eu não sou de intrigas, mas na versão da minha rua o filme desenrola-se em Cabo Verde, num resort de luxo.


Se também há filme em S. Tomé, acredito mesmo sem ir lá ver...


:)))))