terça-feira, 20 de setembro de 2011

Do guru

RoncaMedina Carreira é o guru português das ciências ocultas. Depois de ter descoberto a pólvora, apresenta agora estudos que comprovam que os fulminantes estão prontos para serem descobertos. Ainda haveremos de dar com ele a descobrir a Internet, a Intranet e a Extranet, ferramentas que lhe servirão para poder expor, com toda a veemência, a sua nova teoria da extinção de Portugal.

O sábio Medina, que nunca tem soluções para nos dar, nem sequer as teve quando as podia e devia ter tido, vem agora endrominar-nos dizendo que aquilo que sentimos em relação ao "jogo do esconde-esconde" do soba madeirense é o mesmo que os "nórdicos" sentem em relação à situação de Portugal, fazendo por esquecer que, enquanto que os alemães mandam os mediterrânicos arrearem as bandeiras para meia haste – como se a Europa fosse uma realidade inexistente (apesar da UE e do EURO) – nós assumimos que a Madeira faz parte do todo nacional e, embora reprovemos a irresponsabilidade do seu Presidente, nunca deixaremos as populações madeirenses abandonadas ao destino da miséria.
LNT
[0.389/2011]

4 comentários:

João André disse...

A Madeira não está para Portugal como Portugal para os países nórdicos por outra razão: apesar de todas as más gestões que não deixam nenhum governo bem na fotografia, que eu saiba nenhum governo português andou a enganar toda a gente com as suas contas. Jardim mentiu com todos os dentes que tem e isso, no caso do governo, é criminoso. Que eu saiba Berlim ainda não pediu prisão para os governantes portugueses.

Luis Novaes Tito disse...

Caro João,
Isso que diz é um pressuposto do meu texto. Eu poderia ter sido mais claro, é verdade, mas um Post nunca contém tudo.
Quando digo que reprovamos a irresponsabilidade do Presidente da RAM faço-o em contraposição com o que se passou no Governo Central onde não houve jogo escondido. (o que nos diferencia da Grécia)
Ainda bem que esclareceu com o seu comentário.
Abr.

manm disse...

Caro Luís
Não sendo o defensor oficial do Medina Carreira, confesso no entanto estar bem farto dessa do preso por ter cão e preso por o não ter. Não sendo o Medina Carreira economista têm no entanto visão e conhecimentos que validam perfeitamente as suas posições em teoria económica com provas dadas na vida real. Quem anda em Portugal a descobrir sucessiva e ciclicamente a pólvora é muito mais a grande família socialista que sempre que toca na governação do país o faz recuar anos em desenvolvimento em prol de uma solução de justiça social que no final das governações são é mais injustiça social, com provas também dadas na vida real.
Se houve alguém, ( e houve e foram muitos) a alertar para as imbecilidades e incompetências em termos de estratégia económica que os governos seguiam nos últimos pelo menos 30 anos foi sem dúvida o Medina Carreira quem mais deu a cara, pena é, que em vez de ser ouvido, tivesse dado mais jeito ser rotulado recorrentemente de "Velho do Restelo" e ignoradas as suas advertências.
No que respeita ao comentário sobre a forma como o Norte nos vê, tens aí uma falha grave de lógica, exactamente porque a Madeira é Portugal sempre que o governo regional apresenta ao governo central novas dividas escondidas, obriga o país a apresentar á EU novas dívidas, agora de Portugal, que estavam escondidas...em Portugal, é um efeito de cascata que sem dúvida é bem ilustrado pelo Medina Carreira.
Grande Abraço
Miguel

Luis Novaes Tito disse...

Isso é retórica, meu caro Miguel. A Europa e os outros Troikos sabem muito bem reconhecer quem é o Alberto João Jardim e sabem que o que foi escondido não é da responsabilidade do Governo da República. Não te esqueças que eles auditaram as nossas contas.
Quanto ao GURU, ele é muito do que nos define como portugueses. Fala, fala, fala, mas não diz nada. Teria sido melhor se ao longo do tempo apresentasse soluções...
Abraço