sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Sejam mansos

Arame farpadoHá uns dias atrás o Ministro das tropas deu um conselho para a caserna:
"Se não sentem vocação, estão no sítio errado. Se não sentem, antes de protestar precisam de mudar de carreira"
Quereria o homem dizer que, num tempo em que a vocação pouco interessa porque se pretende a profissionalização, os profissionais das forças armadas que não sejam missionários devem dedicar-se à pesca e deixar para os submissos o uso do canhangulo?

O Senhor Ministro ignora que disciplina não implica amorfismo e que é mais importante um militar com ideias do que um naco de toucinho pronto a servir de carne para canhão.
LNT
[0.090/2012]

2 comentários:

Tiago Mouta disse...

Sinto algum receio nas palavras do ministro... Quiçá na iminência de algum golpe de estado que se ande por aí a cozinhar...

Maria disse...

Se os militares do 25 de Abril, tivessem sido mansos, não teríamos tido a ilusão da Liberdade.
Maria