quarta-feira, 18 de abril de 2012

Antero

"Cousa alguma grande e duradoura se fundou ainda no mundo senão pela moral: e, se o socialismo tem de ser uma esplêndida realidade, só o será como um passo mais no caminho da evolução moral das sociedades (...), moralidade, moralidade e sempre moralidade".
Antero de Quental
LNT
[0.221/2012]

2 comentários:

Rogério Pereira disse...

Meu caro, a moralidade está na mesma gaveta onde foi guardado o "coiso" (já nem me lembro que nome tinha...)

Maria disse...

Se Antero voltasse, suicidava-se outra vez.
A frase é bonita, mas alguma vez, se pôs em prática?
Maria