sexta-feira, 20 de abril de 2012

A concorrência selvagem também prejudica o consumidor

BloggerFico tramado quando me obrigam a optar por aquilo que não entendo ser-me o mais favorável mas por aquilo que as negociatas mundiais entendem ser o seu interesse.

Na guerra surda que se está a desenrolar entre a Microsoft e a Google, os consumidores são considerados animais que têm de seguir pelas baias que eles entendem impor.

A ideia de liberdade que no caso das tecnologias tem estado subjacente ao conceito de cliente deixando-lhe abertas as portas para a escolha das ferramentas e fazendo com que as plataformas tendam para a compatibilidade e para a negociação, acaba de ser, mais uma vez, posta de lado ferindo mortalmente a confiança e a fidelização dos utilizadores.

O Blogger obriga-me a ter de usar, a partir de hoje, um browser que não quero usar. Não o fazendo fico sujeito a utilizar de forma ineficiente o editor deste Blog.

Vou pensar no assunto, até porque tenho o fim-de-semana para o fazer, mas perfila-se a hipótese de desistir desta plataforma onde publico há uma dezena de anos e aderir ao SAPO.

É da vida, como diria um amigo meu.

O Blogger poderá estar convicto que nada perde com a minha ruptura mas irá perceber, mais tarde ou mais cedo, que um cliente é importante e que milhares de clientes são o seu sustento.

A Barbearia fica por actualizar enquanto analiso melhor a situação. Mais tarde darei notícias.
LNT

[0.226/2012]

12 comentários:

João André disse...

Se me permite, que browser é que não pode usar? Experimentei o Internet Explorer e o Mozilla Firefox e tanto um como outro são aceites pelo blogger. Sendo da Google, não imagino como poderá o Blogger rejeitar o Google Chrome. É o Opera ou outro?

zero disse...

Eu cá também fico tramado quando me querem fazer engolir o que entendo não me (nos) ser o mais favorável; coisas que grosso modo não são senão negociatas partidárias nacionais.

Exemplo:

Em Março, uma auditoria do Tribunal de Contas (TC) ao contrato de arrendamento do edifício que alberga o Tribunal da Amadora arrasou a conduta de Conde Rodrigues na Secretaria de Estado da Justiça, em 2009. Atendendo ao valor da renda (44 mil euros por mês até 2019, actualizáveis em 7%) pago à empresa Euroalfragide, então detida por Vítor Santos (listado nos principais devedores ao fisco), Rodrigues não tinha competência para autorizar a despesa, vincou o relatório do TC. O processo foi realizado violando três leis: a da despesa e contratação pública; a do enquadramento orçamental; e a do património imobiliário público.

Ora este mesmo cidadão foi apresentado pelo PS como candidadto ao Tribunal Constitucional. Para além do currículo acima conhece-se uma curta experiência de cerca de 2 anos como juíz (2003 a 2005). Consta que a falta de tacho actual o levou a "estagiar" enquanto não aparece nada de melhor com o Rogério Alves.

No comments needed ... a não ser que candidaturas outras não são particularmente brilhantes ...

Luis Novaes Tito disse...

João André,
Se usa o Blogger e ele já fez a última actualização do editor, se estiver a aceder com o IE vai receber uma mensagem a informá-lo que o seu Browser deixou de ser compatível com o novo editor da Blogger.
No meu caso passou a acontecer a partir de hoje e por isso fiz este Post.

Luis Novaes Tito disse...

Zero
Talvez por falta de audiências no seu profundo blog reparo que agora pretende usar o meu para fazer a sua propaganda. O seu texto nada tem a ver com a questão que levanto (aliás, como vem a ser costume). Se lhe dá muito gozo continuar, esteja à vontade. Quando me apetecer, também estarei à vontade para impedir que o continue a fazer. Depois venha lá com as suas profundas conversas britânicas de censura...

Luis Novaes Tito disse...

E ainda Zero, não pense que lhe disse o que disse devido ao profundo conteúdo do seu comentário. Não faço a mínima ideia de quem está a falar, nem me interessa.
Parece-me um caso de lei e este blog não é um tribunal.

Jonas disse...

Pois eu, curiosamente, gostei muito deste post :)

E cá estou, se for preciso. Se não for preciso, como habitualmente, mantenho-me leitora, indefectível :)

SS disse...

Não noto qualquer diferença no blogger e estou a aceder através do IE...

Anónimo disse...

O sapo em tempos fez alterações e obrigou as pessoas a mudarem para o novo modelito. Alguns mais teimosos ficaram na velha plataforma mas agora acabaram por vedar na totalidade o acesso aos velhos blogs. Ou seja são todos uma treta.

Jonas disse...

Caro Anónimo de 22 de Abril pelas 22:03.

A 23 de Março de 2006 os Blogs do SAPO lançaram uma nova plataforma (a actual), muito mais evoluída do que a anterior. Para além do óbvio, as mudanças em relação à plataforma anterior passavam pela facilidade de customização, RSS, integração com redes sociais, etc.

Permitimos que as duas plataformas coexistissem durante SEIS anos :) Avisando agora, que íamos, finalmente, terminar com uma plataforma que nunca foi grande coisa. Oferecem-nos para migrar, com um template igual, todos os que não quisessem/soubessem fazê-lo sozinhos.

As plataformas evoluem, e, às vezes, é preciso mudar. O prazo que demos para a mudança foi, diga-se, bastante alargado.

Posto isto, diga muita coisa dos Blogs do SAPO, diga até qe são uma treta, se quiser. Mas não por causa disto :)

(Eu trabalho nos Blogs do SAPO, desde o tempo da 1ª plataforma :)

Luis Novaes Tito disse...

Jonas,
Ainda estou a medir as dificuldades que o Blogger me está a criar com a inviabilização do MS IE.
Assim que decida alguma coisa falarei. Entretanto agradeço a sua sempre muito amável disponibilidade.
Abraço

Jonas disse...

Luís..... obrigada. Como sabe, sou leitora assídua. Não são as plataformas que fazem os Blogs, é ao contrário, são os Blogs que fazem as plataformas. A Barbearia será sempre um bom blog, independentemente da plataforma onde decida alojá-la :)

Luis Novaes Tito disse...

Mais uma vez, obrigado, Jonas.
Estou ainda em testes.
Depois falamos.