terça-feira, 24 de abril de 2012

Inchados [ I ]

Coelho inchadoNada é mais infeliz do que um badameco, acabado de parir, inchar com o poder.

Pedro Passos Coelho, ao referir-se àqueles que o fizeram parir como “gente que quer ter protagonismo” é mais um inchado, destes que nos últimos anos têm passado pelas nossas vidas para as deixar sem rei nem rock, convencidos que são gente até que a gente lhes demonstre que não são algo.

Eles não sabem que para um inchado basta um alfinete. São uns patos bravos sem cimento nem tijolo.
LNT
[0.232/2012]

2 comentários:

Maria de Jesus Lourinho disse...

Rodeados que estamos de gentinha que não se enxerga.

Anónimo disse...

Muito obrigado por dizer o que cada vez mais pessoas gostariam de dizer. Estes coelhos são demasiado pequenos e míopes para conseguirem ver a grandeza de quem fez algo por Portugal: É cada vez mais urgente o alfinete que os reduza à sua natural condição de gente insignificante.
José Dias