domingo, 7 de outubro de 2012

O valor dos votos

Cadeiras Assembleia da RepúblicaSe a proposta do PS fosse só a de reduzir o número de Deputados, também eu não concordaria, mas não é. A proposta do PS será para alterar a Lei Eleitoral, coisa que se sabe imprescindível se não quisermos ver a democracia morrer de tédio.

Lá iremos quando a proposta for apresentada e ficarmos a saber o que ela contem.

Para já e sobre a habitual demagogia que estes assuntos sempre fazem despoletar:

Vivemos em democracia. Cada vez em menos democracia, mas ainda assim baseados em resultados eleitorais obtidos em sufrágio livre, secreto e universal. O argumento que se tem ouvido é o de que os “Partidos do centrão” pretendem extinguir a representação das minorias na Assembleia da República.

Esta conversa demagógica pretende dar a entender que o PS e o PSD têm alguma coisa não democrática que os faz ter os votos que o CDS, o BE, o PCP (e outros) não têm. Faz acreditar que há votos que são depositados nas urnas por eleitores que não são em tudo iguais a todos os outros. Faz acreditar que o CDS, o PCP, o BE (e outros) só não têm mais votos porque vivemos numa democracia que não tem cidadãos com igual valor.

Os defensores do mínimo fariam melhor, em vez de entrarem no habitual ataque a tudo que o Partido Socialista apresenta (mesmo sem conhecerem o que irá ser apresentado), se transformassem o seu mínimo em mais um pouco e se entendessem que compete aos cidadãos eleger os deputados que entenderem.

Não tenho dúvidas que se o CDS, o PCP, o BE (e outros) apresentarem melhores e mais credíveis propostas que o PS e o PSD, conseguirão melhores resultados e com isso obterão mais deputados, inclusive mais, do que o PS e ou o PSD.

Para já é só o que tenho a dizer. Quando se conhecer a proposta, que acredito seja no sentido de melhorar a representação parlamentar e de aumentar a responsabilidade dos eleitos perante quem os elege, cá estaremos para a debater.
LNT
[0.484/2012]

4 comentários:

Anónimo disse...

Uma bóia de salvação que o Seguro atirou a Passos Coelho.Agora em vez de se falar em desemprego, impostos, famílias com fome...fala-se no número de deputados!

Rogério Pereira disse...

Um desnorte
De má sorte
Era o que era mais oportuno discutir e decidir
Agora que o povo vai a pique

Mas certamente Passos Coelho, assim como não quer a coisa, aceite, de mão beijada, proposta tão desejada...

A questão nunca esteve na melhoria da representação mas na qualidade e ética dos eleitos!

Luis Novaes Tito disse...

A Lei eleitoral tem de ser revista sob a pena de em breve deixarmos de ter democracia. Os cidadãos não param de o expressar (abstenção) cada vez que se abrem as urnas.
Um destes dias teremos eleitos com dez votos ou menos.

luis reis disse...

É pá, essa de ter de ser "até ao fim do ano", está muito bem ...é tipo Relvas,"tem de ser até ao fm do ano",porque será?
O que o PS está a fazer, é a dar a mãozinha ao PSD,PORQUE VEM AÍ O "GOVERNO DE SALVAÇÃO NACIONAL", promovido pelo manequim do Chiado,o Sr Silva. Ou o Sr BARBEIRO julga que somos tótós?O PS,COM ESTA PROPOSTA TENDE A DESFOCAR-SE NA FOTO DE FAMILIA,E A ENTALAR O PSD EM RELAÇÃO AO CDS!!!...foi girissimo ver, o pouco á vontade do porta voz do PSD,em relação á proposta...ou não viu?Demagogia,é dizer-se:«Não tenho dúvidas que se o CDS, o PCP, o BE (e outros) apresentarem melhores e mais credíveis propostas que o PS e o PSD, conseguirão melhores resultados e com isso obterão mais deputados, inclusive mais, do que o PS e ou o PSD. ».
Quantas PROPOSTAS, foram até hoje APROVADAS pelo PS de PSD?Poucas. Porquê?Ora,porque não eram "DOS NOSSOS,PÁ"...
PROPAGANDA É INFLUÊNCIA, tipo "correio da manhã". É isto QUE O POVO RECEBE E EM DOSES DE CAVALO...
Quem olha para os MÉRDIA,POR EXEMPLO,aquilo é uma vergonha, veja-se o TEMPO CONCEDIDO a estes dois partidos.Sempre os mesmos personagens(alguns deviam de estar presos), e TODOS OS DIAS, basta fazer zaping nas TVS,...claro, é "tudo mui democrático", não é? Pois é,Eu sou o EDITOR, e ponho em primeiro plano, esta "noticiazinha", e com o "Tempinho" que EU quero, para"O POVO",FICAR "ELUCIDADO"...
Vai ser engraçado,quando "O POVO", descobrir, que os que lá ficaram ( democráticamente, os FAMOSOS 180),são os MESMOS de sempre ( OLHA AS LISTAS Ó SEGURO),... Porreiro pa!