quarta-feira, 16 de Janeiro de 2013

A nata do passismo

MaizenaInteressante saber o que os Moedas deste mundo pensam daqueles que são por eles governados.

Ficámos a saber que aquela malta que está reunida no Palácio Foz, despesas pagas por nós - pelo menos as de cedência do espaço – é a nata intelectual do passismo/portismo e que o debate público promovido se destina somente a essa mesma nata, embora os seus resultados sejam para aplicar ao leite magro desnatado que a sustenta.

É por isso que o debate público é privado e à porta fechada.

Pena que a coisa não se tenha processado ali ao lado, no Palácio da Independência.

Não seriam os primeiros vendidos a serem defenestrados.
LNT
[0.005/2013]

2 comentários:

Maria disse...

Como dizia a Gabriela da outra versão: "Nata gosta não, seu Barbeiro".
Maria

Janita disse...

Passismo/portismo, sei não!

De nata, daquela nata da verdadeira, mesmo verdadeira, eu gosto! Claro que não falo da nata da Sociedade e sim do leite...desnatado. Mas sem passas. Fico com azia, vá-se lá saber porquê.

:)