terça-feira, 29 de Janeiro de 2013

Coisas de tralha

HalloweenSe eu podia ficar quieto, podia.

Afinal daqui a 24 horas irei estar nos cuidados intermédios a recuperar de uma cirurgia às cervicais. Tinha o perfeito alibi.

Mas, tal como fiz quando a tralha socretista fez quando atirou com Ferro Rodrigues para um canto, aqui estou de novo a lembrar a essa tralha que não gosto destas golpadas.

A diferença é que sou amigo de Costa. Seria o meu Presidente da República e custa-me muito vê-lo envolvido em jogos destes. Espero que não avance porque se o fizer não conta com o meu voto, o que me provoca desgosto.

Dito isto, venha a faca. Depois direi o resto.
LNT
[0.010/2013]

9 comentários:

Janita disse...

Agora que já sei qual é a facada, só me resta desejar que tudo corra bem - vai correr - e que recupere rapidamente.
Caso contrário, quando voltar, a fila dos barbudos já deve dar a volta ao quarteirão.
Boa sorte, Luis!

Abraço.

Anónimo disse...

Votos de que tudo corra bem.
abraço
JC

Ponto de Vista disse...

Os meus votos para que tudo lhe corra pelo melhor.
Um abraço e até beve.
Mariano Pires

ibmartins disse...

Em relação ao importante, espero mesmo que esteja bem e que recupere rápido.
A respeito do assunto do seu post, estamos em completo desacordo.
Não sou militante de nenhum partido e essa coisa de golpadas é-me estranha, mas francamente, desejo que o Seguro seja substituído quanto antes. Entreguei o meu voto ao PS (o que não é coisa pouca) porque com o que correu bem e mal, gostei do governo anterior e do seu projecto. Se o Seguro não gosta e é incapaz de o defender, o que faz ali, com o meu voto? É a ele que atribuo os fraquíssimos resultados do PS nas sondagens, apesar de tudo. E é a ele que atribuo uma grande fatia de responsabilidade na descredibilização dos partidos políticos que se sente. A Seguro, seguramente nunca entregaria o meu voto.
Enfim, desculpe o desabafo. Gosto de o ler, mas é-me incompreensível a defesa de tal secretário-geral.

ibmartins disse...

Em relação ao importante, espero mesmo que esteja bem e que recupere rápido.
A respeito do assunto do seu post, estamos em completo desacordo.
Não sou militante de nenhum partido e essa coisa de golpadas é-me estranha, mas francamente, desejo que o Seguro seja substituído quanto antes. Entreguei o meu voto ao PS (o que não é coisa pouca) porque com o que correu bem e mal, gostei do governo anterior e do seu projecto. Se o Seguro não gosta e é incapaz de o defender, o que faz ali, com o meu voto? É a ele que atribuo os fraquíssimos resultados do PS nas sondagens, apesar de tudo. E é a ele que atribuo uma grande fatia de responsabilidade na descredibilização dos partidos políticos que se sente. A Seguro, seguramente nunca entregaria o meu voto.
Enfim, desculpe o desabafo. Gosto de o ler, mas é-me incompreensível a defesa de tal secretário-geral.

arebelo disse...

Há muito que sou leitor assíduo dos seus comentários,um laivo de inteligência e de sentido de humor oportuno e de afirmação de princípios que partilho.Como não vou esperar muito pelo que se vai seguir,aqui vão os meus votos de uma recuperação confortável.

Rui L Dias disse...

Nunca ouviu falar que o sapateiro não deve passar do sapato? Com o barbeiro é semelhante. Quando em vez de escanhoar o cliente, começa a falar de política, a arte é pouca!
RLDias

Xa2 disse...

Boa recuperação,

contradicoes disse...

Vá tranquilo caro amigo, porque é na única medicina em que acredito e no meu caso já cá cantam várias. Rápida recuperação. Um abraço
Raul