quarta-feira, 15 de maio de 2013

Notícias da Capital

Terreiro do PaçoNum salto ao Martinho da Arcada para gastar uma das novíssimas notas de 5 Euros que a Troica deixou cá ficar em troca de mais uns milhares de desempregados, encontrei o Sr. Diniz ainda cabisbaixo com a derrota do último fim-de-semana e a resmungar o desalento que prevê para o final do dia.

Disse-lhe que não, que se devia animar porque o chinfrim que a Júlia Pinheiro está a fazer mesmo ali, às suas portas e à torreira do Sol, tem uma intenção sacrossanta e, como diria o nosso pastorinho de Belém em dia de peregrinação, a intervenção divina pode tardar, mas é certa.

Não foi por acaso que o arraial se montou nas barbas do Ministro das Finanças da Troica e não foi um acaso realizar-se em terreiro consagrado por Joseph Aloisius Ratzinger.

O Sr. Diniz que se quede em sossego porque a coisa está no papo. A conjunção dos astros, a protecção do satânico Gaspar e as mastigações de Jesus fazem acreditar que o Mapa Cor-de-rosa, desta vez, vingará.

Com o Dom José, o seu cavalo e o Arco tapados, bem como com o Banco de Portugal de portas abertas para o Museu da Moeda, agora que já a não emite, a bola dá-nos ânimo para enfrentar as agruras com que os nortes e restantes terramotos insistem em nos punir.

Creio que o Benfica vencerá, Ámen.
LNT
[0.116/2013]

2 comentários:

Janita disse...

Muito rapidamente venho dizer Ámen consigo, na sua oração, e desta vez também vou assistir ao jogo.

Ainda não vi nenhuma dessas notas novas de 5€ e estou farta de dar voltas à cabeça sem conseguir descortinar que relação tem o Mapa cor-de-rosa com a garantida vitória encarnada. Desta vez não vingará? Mas em mil oitocentos e troca o passo, também não! Não há dúvida que estes seus textos estão cheios de ciladas.:))

Termino, sossegando-o a si e ao Sr. Diniz, porque, desta vez, quem norteia o destino dos nortes e causa das vossas agruras
( Ratzinger? ) até está a torcer para que a Taça venha para o nosso terreiro.
Deixa-me ir para o sofá comer umas pipocas.
Depois diga de sua justiça!

Luis Novaes Tito disse...

O mapa cor-de-rosa não vingou. Pois não, os bifes vieram de lá com o ultimato e zás. Faixa marítima portuga e é um pau.
Por isso o “não” vingará que estava na frase caiu (estava lá por esquecimento do autor quando melhorou o texto) e agora foi às malvas em conjunto com a taça europeia.
Os bifes são os nossos mais antigos aliados e isso faz com que os estimemos mesmo quando nos cilindram (o que já é um hábito histórico).
Adelante, que se faz tarde.