quinta-feira, 4 de julho de 2013

Enterrem-se os vivos e trate-se dos mortos

ContorcionistaCom o circo montado e os palhaços, contorcionistas e malabaristas em cena, assistimos ao mais degradante que o maior espetáculo do Mundo pode apresentar em cartaz.

Já os conhecíamos quando montavam a tenda nas praias e três ou quatro artistas desempenhavam, mal, todos os papéis. Já os conhecíamos quando saíamos com os miúdos a coçarem-se no fim do espetáculo, tal a quantidade de pulgas que lá se apanhavam.

Conhecemo-los agora no desempenho dos papéis da modernidade a brincar com jatinhos caríssimos e com a vida dos espectadores para acorrerem à genuflexão perante os senhores do Mundo que se dispõem a deixar uns trocos nos bolsos destes palhaços pobres.

Fracos líderes de tão valente gente!
LNT
[0.211/2013]

2 comentários:

luis reis disse...

Fracos lideres?Por acaso não se está a referir ao presidente da França. ?O tal Xuxialista herói da treta que criminosamente obstruiu um direito internacional???!!!N Bolivia gostam muito de ranhosos....

Luis Novaes Tito disse...

Não, Luis Reis, não estava. Basta ler o que está escrito para entender que não era esse assunto que aqui estava em análise.