segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Sinal dos tempos

BlogsAndei a rever os links para blogs, na coluna da direita, e quase metade passaram para a eternidade. Como se não bastasse a crise que faz dos portugueses uma espécie em extinção, possivelmente não por falta de truca-truca (embora as estatísticas nesta matéria tenham tanta credibilidade como as que usam os pescadores que acrescentam sempre uns centímetros ao tamanho real dos peixes que fisgam), agora também os que se dedicavam a opinar sem se submeterem à disciplina dos conselhos de redacção andam encolhidos.

Sabe-se que muitos deles fizeram o que fez Pires de Lima. Substituíram o cantar de galo pelos gargarejos afinados assim que lhes deram poleiro.

Sabe-se que muitos outros se fartaram deste exercício de manifestação por se perderem na frustração de impotentes contadores de visitas.

Por fim também se sabe que a maioria vai passando daqui para o nada pelo cansaço e pela desilusão da opinião publicada, embora a opinião nos blogs seja pouco mais do que a vida privada que todos temos dentro dos círculos onde nos movemos.

Mas entristece saber que a coisa da bloga esteja a perder a vitalidade em contraciclo com a opinião “contratada” que não para de nos bombardear.
LNT
[0.409/2013]

5 comentários:

Zé Escorpião disse...


Faço votos, para que o Sr. Luiz, não encerre também o seu estabelecimento. Não se deixe desanimar. Continue a dar umas boas carecadas com pente zero a estes desmiolados que nos desgovernam

CCF disse...

A maior parte foi para o FB, é a história da interacção, se é isso que podemos chamar ao que acontece por lá. Eu também pouco ligo a estatísticas, etc...ou gostamos de ter um espaço nosso para escrever, partilhar...ou não. Continue por aqui que nós faremos o mesmo.
~CC~

Janita disse...

Espero contar com a sua Barbearia sempre de porta escancarada, Luís! Sei que usa e gosta do FB, mas isto é outra coisa. Aqui vem fazer a barba e cortar o cabelo, outra clientela.
Isto de fazer o corte em centros comerciais, já nos deixa abafados e com falta de ar. Pelo menos comigo foi assim.
Gosto de vir aqui acertar as repas e embora não seja assídua, muitas vezes espreito de fora...:)

Um abraço.

Luis Novaes Tito disse...

Há dias em que nada disto apetece e em que tudo isto cansa. Nesses dias dá vontade de arrumar as tesouras e deitar fora o pincel da barba. Depois passa, ou por outra, até agora sempre tem passado, a ver vamos no futuro.
Abraço

Janita disse...

Como o compreendo!
Se puder ler o que postei há pouco verá que comigo também acontece o mesmo.
Mas, sabe? Aqui, vamos falando das coisas que nos alegram, entristecem, revoltam ou simplesmente fazendo uso da palavra como se ela fosse uma arma de arremesso, mesmo que a dita não acerte na tola de quem gostaríamos, uma vez que esses não andam por estes 'bairros'.:)
E olhe que as suas são bem certeiras, Luís.:)
Depois de ser operada à vista, volto ao FB. Espero ainda o encontrar por lá.

Abraço e não guarde as tesouras nem o pincel.