sábado, 29 de novembro de 2014

Todos preocupados [ II ]

MagritteAli, pelo FaceBook, levantam-se dúvidas sobre o que eu queria dizer no Post abaixo.

Fazem-me lembrar o pessoal da comunicação social que temos e dos comentadores que essa CS contrata para constatar que os delegados ao XX Congresso Nacional estão “frios como nunca se viu” e atribuem isso à “mágoa” e à pungência do que se passa com Sócrates, mágoa e pungência que eles gostariam de testemunhar na máxima reunião política socialista.

Nunca colocam a questão em termos políticos, isto é, se os delegados ao XX Congresso estão magoados e pungentes com aquilo que se passou no PS após a última vitória do PS num acto eleitoral nacional.

Gosta a CS, os seus comentadores convidados e alguns iluminados falantes de fazer crer que o que se está a passar com o anterior PM é questão de mágoa quando ela mais não é de que uma questão de justiça que só compete ao poder judicial e ao acusado.

Não quer a CS, nem os seus comentadores convidados, fazer entender que se há mal-estar entre os militantes do PS as causas são políticas, pois é de políticas que se fazem os Congressos.
LNT
[0.326/2014]

Todos preocupados [ I ]

MagritteNão foi o grande discurso de Costa que fez esquecer os últimos meses no Partido Socialista. Que Costa sabe fazer e dizer discursos já eu sabia. Há décadas que o sei.

Só que há actos, para além das palavras, da simpatia e da amizade, que deixam marcas indeléveis.

Sente-se que a lebre Guterres já cumpriu a sua função. Sente-se que a corrida para a Presidência da República está já em curso com outras presidências hoje empossadas. Sente-se que muitos lugares que corriam risco há seis meses, se sentem hoje descansados. Sentem-se sentimentos mistos e alguns sentem-se mais. Nem todos, ao contrário do discurso oficial, estamos particularmente tristes, ou alegres.

Todos estamos preocupados, nada mais.
LNT
[0.325/2014]

Já fui feliz aqui [ MCDLVII ]

Marco zero
Recife - Pernambuco - Brasil
LNT
[0.324/2014]

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Entre Vistas

Passos CoelhoLá bons dentes (parece) ele ter.

Bons e muitos o que lhe dá aquela capacidade de cumprir a expressão popular de mentir com todos eles. (os dentes)

Penso que já nem sequer se trata de ser um mentiroso compulsivo. É mesmo só um alucinado compulsivo, alheio, desligado e cínico.

Mostrar os dentes para serem contados e para se poder saber com quantos quer enganar é só uma técnica, como qualquer outra, para fazer crer o incredível.
LNT
[0.323/2014]

Já fui feliz aqui [ MCDLVI ]

Ana Maria Bobone - Hino da luta contra a leucemia - Portugal
LNT
[0.321/2014]

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Pelourinhos

Pelourinho

Cada vez mais se vai ouvindo que nós não temos de saber quais os fundamentos que levaram às medidas de coacção, porque os arguidos (únicos interessados) sabem quais são.

Entretanto fazem públicas essas mesmas medidas de coacção abstendo-se de divulgar os fundamentos enquanto ao mesmo tempo se fazem saber os mais diversos rumores que levam à sentença pública ditada por quem não consegue, sequer, perceber que aquilo que é permanente divulgado não é mais do que palha para acender as fogueiras no pelourinho.

Acrescenta-se que tudo isto é lei e que assim se comprova o regular funcionamento das instituições.

Assim será até que este funcionamento toque a cada um de nós.

Aí será um "aqui d'el rei!"

LNT
[0.322/2014]

Já fui feliz aqui [ MCDLV ]

Cante alentejano - Património Cultural e Imaterial da Humanidade - Adiafa - Alentejo - Portugal
LNT
[0.321/2014]

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Tugagate

Carro Polícia
Agora que o rali do marquês já terminou e vamos ter descanso dos pirilampos azuis e do cheiro a borracha queimada, poderemos voltar a falar de coisas sérias?

Do OE 2015, p.e., que foi aprovado na AR com 4 votos contra do PPD e uma abstenção do CDS.
LNT
[0.320/2014]

Livre

25/11
Com mãos se faz a paz se faz a guerra
Com mãos tudo se faz e se desfaz
Com mãos se faz o poema ─ e são de terra.
Com mãos se faz a guerra ─ e são a paz.


Com mãos se rasga o mar. Com mãos se lavra.
Não são de pedra estas casas mas
de mãos. E estão no fruto e na palavra
as mãos que são o canto e são as armas.

E cravam-se no Tempo como farpas
as mãos que vês nas coisas transformadas.
Folhas que vão no vento: verdes harpas.

De mãos é cada flor cada cidade.
Ninguém pode vencer estas espadas:
nas tuas mãos começa a liberdade.

Manuel Alegre
LNT
[0.319/2014]

Já fui feliz aqui [ MCDLIV ]

Ilha Pessegueiro
Ilha do Pessegueiro - Alentejo - Portugal
LNT
[0.318/2014]

domingo, 23 de novembro de 2014

Direito à idoneidade

IdoneidadeJá alguém ouviu, viu, leu, algum dos muitos órgãos de comunicação social que anunciaram a detenção de Joaquim Lalanda de Castro, representante da multinacional farmacêutica Octapharma, pedir desculpas ao visado ou à sua empresa por terem divulgado, incessantemente, essa falsidade durante um dia?

Porque será que estas questões nunca são referidas nem na comunicação social, nem pelos comentadores deste pobre Portugal?

A idoneidade deixou de ser um bem absoluto?
LNT
[0.317/2014]

Já fui feliz aqui [ MCDLIII ]

Ocaporã
Ocaporã - Porto de Galinhas - Brasil
LNT
[0.316/2014]

sábado, 22 de novembro de 2014

La boutique de barbier de M. Luís

BarbeiroE se este Blog fosse reactivado sendo rebaptizado para "La boutique de barbier de M. Luís"?

Absolutamente inédito em democracia é o facto de, pela primeira vez na minha vida, não ter exercido o meu direito/dever de voto no interior do Partido em que milito.

Deixei de respeitar esse direito/dever a partir do momento em que dentro do PS se deixou de respeitar o sentido (temporal) do meu voto.
LNT
[0.315/2014]

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

domingo, 16 de novembro de 2014

Golden Barber

BarbeiroE se este Blog fosse reactivado sendo rebaptizado para "Golden Barber"?

E se os sócios se tivessem convencido de que a sua recente inactividade podia ser encarada como extinção (até mesmo por aqueles que, sendo homens da Lei, assim se tivessem convencido)?

E se ... (não vivêssemos num País de trafulhas feitos gente séria?)

- Tudo questões a colocar ao barbeiro antes de reabrir a loja - aceitam-se sugestões.
LNT
[0.313/2014]