terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Já fui feliz aqui [ MDXLVII ]

BA7 Dias Liberato Jorge Tito Almeida

BA7 - São Jacinto - Portugal
LNT
#BarbeariaSrLuis
[0.005/2017]

9 comentários:

Anónimo disse...

Também eu.Mas nos Alouettlll. Gandamáquina este querido "gingarelho".Que saudades.

Bmonteiro disse...

No princípio era o vôo. Começa assim, "O Céu não pode esperar", livro do António Brito. Um piloto abatido sobre o rio Rovuma durante a guerra do Ultramar, norte de Moçambique. Uma viagem para norte a partir dali, nada inferior à de um Código Da Vinci. AB: licenciado em direito e literatura, pára na Operação Zeta em Moçambique.
Agora com "Irmãos de armas", uma saga de um Furriel-Alferes pára e equipa, associado ao Alouette nº2 e a uma piloto único: Filipe Maltêz, conhecido como Milhafre.

Janita disse...

Imagino que sim...E o Luís é o rapaz loirinho que está com as duas mãos nos bolsos.
Para quem foi feliz, aí, é o único que não ri...nem sorri.:)
Como o tempo passou rápido, não foi? Recordar é viver!!

Janita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luis Novaes Tito disse...

BMonteiro
Recordar para viver.

Luis Novaes Tito disse...

Janita
Três coisas:
1. Agora sou mais loiro do que era então :)
2. Nem sempre ri quem é feliz
3. O T6G estava constipado, como se vê pelo lenço que lhe tapa o nariz.

Luis Novaes Tito disse...

ah, sim!
Sou o das mãos nos bolsos e o tempo passou a correr.
Já estamos noutro século e no inicio de 2017 com votos de que tenha um bom ano.

Anónimo disse...

É verdade Luis, o tempo passa muito rapidamente e as saudades dos bons voos são muitas.Dos maus... nem por isso. Estou a falar de África, naturalmente.

Anónimo disse...

Conheci um "Monteiro" nos Allouetts e já não me lembro se foi na Guiné ou Angola.