quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Tiques de pertença


As gentes da nossa terrinha são muito estranhas.

Aqui há uns anos, em tempos de vacas gordas, não havia cão nem gato que não se tivesse esquecido das hordas de portugueses que se tinham feito a países terceiros e criticavam ferozmente os que, nessa altura, imigravam para Portugal.

Agora as críticas ao turismo são uma constante, normalmente feitas por quem nunca perdeu uma oportunidade para fazer turismo nas terras dos que nos visitam.

Nem o facto de isso ser um dos índices mais relevantes para o aumento de exportações, nem a ideia de que muito das melhorias da nossa economia se deve a estes fluxos de turistas faz tirar a cara de enjoado ao sentimento da pertença nacional.
LNT
#BarbeariaSrLuis
[0.060/2017]

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Do altruísmo


Só meia dúzia de palavras sobre as mortes provocadas pela aeronave na Praia de São João na Caparica.

Tratou-se da execução de um procedimento de emergência de falha de motor e não de um despenhamento de aeronave.

Todos os pilotos que eu conheço (e são muitos) teriam, mesmo em caso de despenhamento, tentado evitar que a aeronave atingisse terceiros. Neste caso, tratando-se de uma aterragem de emergência (e não de um despenhamento) perante uma praia com pessoas, teriam decidido a amaragem mesmo correndo maior risco de insucesso, salvaguardando a vida dos banhistas. Para mais, a aeronave não transportava passageiros e o mar estava tranquilo.

Estranho que a justiça tenha aplicado as mesmas medidas de coacção aos dois tripulantes uma vez que a responsabilidade é unicamente do instrutor da aeronave que, perante a emergência, teve de assumir o comando da aeronave e tomar a decisão final.

O egoísmo e a falta de altruísmo não eram, no meu tempo e na minha escola, factores psicológicos aceitáveis para formar pilotos.

Espero que a justiça não tenha mão leve neste caso.
LNT
#BarbeariaSrLuis
[0.059/2017]