terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Do medo e outras contas

Já antes não teve medo, quando combateu outros para que o Sr. candidato pudesse agora ter sido eleito Presidente da República. "
LNT
[0.015/2011]

9 comentários:

Daniel Santos disse...

foi sem duvida um triste e mesquinho discurso de vitória.

Kruzes Kanhoto disse...

O povo é sereno. Qualquer dia capam outro maricas qualquer e o pagode nunca mais se lembra dos discursos do Cavaco!

Luís Bonifácio disse...

Cavaco é um parolo de Boliqueime.
Por isso estava mortinho por descer ao nível da campanha bloquista e do ordinário defensor.

Nota: Alegre, sendo a pessoa que sei que é, deve estar agora a amargar ter-se colocado nas mãos de Louçã. Aquela campanha não foi digna dele. Foi uma vergonha. E os resultados estão à vista.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O discurso de vitória mais canhestro que ouvi em tempos de democracia.

C.C. disse...

Chamar discurso a meia dúzia de frases insultuosas, é condescendência excessiva para quem não respeita os mais elementares princípios de educação, que será no mínimo, cumprimentar os seus adversários.
E já agora, quando é que Cavaco despe as vestes de virgem ofendida e explica, preto no branco, as trapalhadas?

C.C. disse...

...e se pensa que temos medo, não temos.
O desenho do poste é formidável!

Anónimo disse...

E quanto ao Mário Soares???

Anónimo disse...

E quanto ao Mário Soares???

Augusto disse...

Um alerta para todos os apoiantes do Manuel Alegre.

Na freguesia de Cacilhas-Almada Manuel Alegre teve 751 votos, segundo edital colocado na porta da junta.

Pasmem.... se fôrem ao site da CNE ver os resultados oficiais, Manuel Alegre em Cacilhas só tem 113 votos.

Onde foram parar os restantes votos, dos cidadãos de Cacilhas, que votaram Alegre?

E será só em Cacilhas que há este erro?

Em primeiro lugar, há que exigir que a CNE, corrija os numeros de Cacilhas

Em segundo lugar , deveria de haver uma fiscalização rigorosa, para se ter a certeza , se os votos expressos em Alegre em cada Junta de Freguesia , correspondem na realidade aos numeros que a CNE tem divulgado.

Compete aos apoiantes de Alegre fazerem rapidamente esse trabalho, pois os editais na porta das juntas são tirados ao fim de uma semana, e depois será mais dificil dar com os gatos.