segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Força José

Escher MobiusTudo leva a crer que se vai realizar mais um Congresso Nacional do Partido Socialista onde José Sócrates não terá oposição.

É da vida! Como pode um Partido fazer oposição ao seu lider se ele é o Primeiro-Ministro? Porque deveria um militante socialista fazer o trabalho que a oposição não quer fazer?

Desta vez serei, pela primeira vez desde que Sócrates se candidata e já lá vai uma década, seu apoiante e eleitor.

Um País que reelege Cavaco Silva na Presidência da República só pode ter José Sócrates como Secretário-Geral do seu maior Partido e, de preferência, coadjuvado por José Lello.
LNT
[0.018/2011]

8 comentários:

Antonio Garcia Barreto disse...

Nem mais!

António Agostinho disse...

Na mouche!..

folha seca disse...

É assim como que "tem que ser" e como se diz, o que tem que ser tem muita força.

Agora a sério. Não dá para perceber, ou dá?
R.Manuel

Anónimo disse...

"Um País que reelege Cavaco Silva na Presidência da República só pode ter José Sócrates como Secretário-Geral do seu maior Partido e, de preferência, coadjuvado por José Lello."
O sr é mesmo mauzinho.Bem sacado sim sr.Força "camarada" Lello!Bora lá, meu ganda xuxialista!Luis Reis

Daniel Santos disse...

foge!!!

anamar disse...

Mas que bela visão, sr.barbeiro, isso é gostar e desejar a evolução na continuidade do seu partinho...
O país tem o que merece....
:))

Carminda Pinho disse...

Desta vez não estou de acordo, Luis!
Abaixo os Lellos & Cªs!!!

Anónimo disse...

Vai lá vai...
Até a barraca abana