quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013

Comprar um molho de bróculos

Ortiga A comunicação social, a mesma que este fim de semana dava notícias distraídas sobre as mais diversas coisas enquanto Portugal estava a ser varrido pelo temporal de norte a sul, faz-nos saber que regressámos aos mercados e que a coisa foi um sucesso.

Alegra-me saber que a mensagem está bem controlada e tenho pena de não saber que mercados são esses que se interessaram tanto pelos nossos papeis.

Adelante, que não andamos aqui para dificultar o regime gasparov.

A ida aos mercados, que nunca deixou de acontecer - basta ver as notícias do ano transacto - significa que continuamos a de ir lá fora buscar mais uma lecas para juntar a todas as outras lecas que um destes dias teremos de devolver acrescidas dos juros que lhes estão associados. Desta vez parece-me ainda mais preocupante até porque, segundo os ditos do poder, tudo está a correr bem e este ano não precisávamos de nos endividar mais.

Mas isto sou eu a falar, que nada entendo destas negociatas e ainda menos deste tipo de testes aos mercados que só servem para inglês ver e para aumentar o entalanço final.
LNT
[0.007/2013]

3 comentários:

Blondewithaphd disse...

ainda não percebi bem a histeria em torno do regresso aos mercados...

Janita disse...

Entonces, vamos adelante.

Eu também não entendo nada destas negociatas mercantis, pelo que acho que este regime gasparoviano nos prepara não só um grande molho de bróculos, como um ramalhete de urtigas...:)

César disse...

O Sr. Gaspar é um obcecado, e não tem o mínimo conhecimento do País em que vive. Faz contas de gabinete, desconhece a realidade do País, ataca a classe média até mais não... e qualquer dia, nem ele nem os seus comparsas, têm quem lhes pague os vencimentos e as mordomias...