sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Tininha


A Tininha, Laurentina Antónia Santos, foi a mais solidária de todas as pessoas com quem estabeleci laços de profunda amizade nestes longos anos de militância no Partido Socialista.

É-me muito difícil falar da Tininha neste momento em que ela deixou de estar na primeira linha da defesa dos ideais de fraternidade e de desprendimento com que sempre se bateu, de forma valente e de peito aberto, com uma clarividência que a fazia de uma respeitabilidade única.

A Tininha que hoje morreu para a vida está certamente nas mãos de quem sempre acreditou que a acolheria quando este momento chegasse, foi um exemplo de vida abnegada e singela para todos os militantes de Partido Socialista em geral e, em especial, para os da Secção de Benfica, Carnide e São Domingos de Benfica.

A foto que publico revela-a, ao lado da Luísa – minha mulher – na manifestação contra a guerra do Iraque que se realizou em Lisboa, em Março de 2003. É um dos registos que melhor podem documentar a sua avisada determinação na defesa dos valores humanitários e de justiça por que sempre se norteou.

Estará na capela da Igreja de Benfica no próximo Domingo (dia 21) a partir das 09:00 horas seguindo, depois da Missa de corpo presente que ali se realizará às 14:00, para a cremação no cemitério dos Olivais.

Descansa em paz minha querida amiga.
LNT
#BarbeariaSrLuis
[0.002/2018]
Enviar um comentário