terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Injustiças

Azlejos

Ana Benavente desancou no Sócrates.

Grande coisa! Todos os dias milhares de pessoas o fazem embora não sejam de bons ventos e isso não lhes dê o direito de sentirem o ódio de quem nunca perdoa a quem, sendo benavente, o faz.

Mundo injusto este onde até para se ser odiado por cascar no Sócrates é necessário ser de bons ventos ou de comer a dois carrilhos.
LNT
[0.032/2011]

6 comentários:

Daniel Santos disse...

Qualquer voz discordante do PS que fale contra o PS, sendo apenas coincidência que em breve os Socialistas vão ter um congresso, passa a ser herói nacional... enfim.

Anónimo disse...

Que grandes trocadilhos Sr LNT. Essa de ser heroi por desancar no Sócrates, será mais para quem tem as costas quentes e não tem de governar a sua vidinha. Porque se alguém se atrevesse a dar a cara e desancar o dito Sr, seria posto imediatamente ao fresco.
São os tempos que correm. Não é só o Alberto da Madeira!!!!!

Luis Novaes Tito disse...

Anónimo
Vai de tratar essa sua mania da perseguição. Isso já começa a ser doença...

Anónimo disse...

Doença? Quem eu??
Só se for o pé chato.
Já olhou á sua volta e avaliou em que estado está este país????
Deverá haver alguma urgência nessa avaliação.
Quanto à mania da perseguição. Por enquanto é mal que ainda não me chegou.
Mas quem sabe???

Luis Novaes Tito disse...

Pois, pois. Tratar da vidnha tem destas coisas.

E deixe que lhe diga: - Viver sentindo que o Sócrates não tem mais que fazer senão andar atrás de cada um que lhe casca, pode ainda não ser doença, mas já tem o prognóstico traçado.

A minha vida não depende do Sócrates (e não tenho vidinha) por isso assino com o meu nome e não tenho medo. É verdade que isso não me dá direito a ter a tal vidinha que o meu caro anónimo pretende proteger, mas cada um está para o que é...

Anónimo disse...

Afinal, porquê tanta azia, Senhor Barbeiro? Já não se se pode discordar, neste País?
(Eu também sou Anónimo, mas não sou o anterior...)