sexta-feira, 19 de junho de 2015

Segundas infâncias

AlíviosSua Excelência aliviadíssima que nunca fala (quando calha) do interior quando está no exterior deu mais um sinal da sua senilidade ao referir infantilmente, no exterior, aquilo que o seu interior já não consegue deixar de extravasar.

O ó-ó de sua excelência aliviada, mas que tarda em nos aliviar das suas tontarias, há-de ter-lhe feito repousar o ego inchado pela menor maioria que até hoje fez eleger um Presidente da República.

O descanso que lhe assistirá, de seguida, no condomínio privado do BPN da Coelha é merecido.

Esse e o seguinte que se iniciará em Janeiro, quando sua excelência aliviadíssima nos deixar finalmente de azucrinar.
LNT
[0.236/2015]
Enviar um comentário