sexta-feira, 3 de julho de 2009

Excelência indignadíssima

ManipulaçãoAntes, quando era só "o Professor de Boliqueime", podia entender-se que fosse parcial e que um-par-de-cornos, ainda por cima feitos em cabeça própria, lhe causasse a indignação que o palavreado do Bocaça da Madeira nunca causou.

Agora, que Boliqueime deixou de ser poço e passou a fonte e que o Professor deixou de ser de lá para passar a Presidente de todos nós, seria positivo que usasse regras mínimas de imparcialidade e normalizasse as suas públicas indignações.

Ao não o fazer corre o risco de ser cada vez mais, o Presidente de cada vez menos portugueses.
LNT
[0.490/2009]

Rastos:
USB Link
->
TSF ≡ Cavaco também indignado com gesto de Manuel Pinho

14 comentários:

odete pinto disse...

Nem mais!!!

maloud disse...

Meu presidente, o tanas!

oliveira disse...

o homem tem que fazer pela vida!
à que levar a idosa até s.bento...

fatimabotelho disse...

Enquanto não houver JUSTIÇA em Portugal !!!

J.S. Teixeira disse...

Vejam o artigo de opinião escrito no blogue O Flamingo acerca da "tourada" que teve lugar, ontem, na Assembleia da República.

mdsol disse...

Faço minhas as palavras da Maloud, carago!

:)))

Anónimo disse...

Sim senhor, boa crítica ao Gama, o tal que elogia o 'Bocaça' da Madeira, apesar de ter sido ele, o criador do adjectivo, em tempos que já lá vão ...

Francisco Clamote disse...

Dito e bem dito. Cumprimentos

Anónimo disse...

Pois eu hoje estou furiosa com Sócrates.
Podiamos ter um presidente Alegre-- morremos mesmo ali na praia-- e temos o que temos.
Perdoai-lhes Senhor,que eu não.

Pois tão lesto que tem sido ultimamente o Exº Sr a comentar os acontecimentos que lhe convem e a calar-se sobre o estado da memória do seu amigo Loureiro e ainda sobre a politica do rasganço que quer a sua Manelinha,sobre medidas que ele próprio elogiou,em tempos idos!
Boa noite, Luís. Bom trabalho.
Tina

Anónimo disse...

Perdão, Luís, é só para retirar o "hoje estou" da 1ªfrase, e colocar "continuo".
Tina

TMR disse...

Caro Luís,

Deixei-lhe aqui uma pequena resposta.

Abraço

Carlos Albuquerque disse...

Aquilo está-lhe no sangue!
O PR não corre qualquer risco. Já é o Presidente de cada vez menos portugueses.
Desde as europeias sumiu-se-lhe a contenção...

LNT disse...

Num ponto estamos de acordo, Tiago. O PR deveria indignar-se com este caso. (logo não entendo errada a posição do PR, como o Tiago afirma)

Mas, e só para ilustrar minimamente o que pretendo com normalização das públicas indignações, todos se admiram que o PR nunca tenha mostrado indignação pelas alarvidades sucessivas e repetidas de Alberto João, pelo filha-de-putismo verbal de um dos deputados que chegou ao ponto de desafiar os seus pares "para resolver o assunto lá fora", ou pela actuação do arguido seu ex-conselheiro de Estado, só para referir três dos muitos casos em que Sua Exª. não se dignou manifestar indignação pública.

A sua parcialidade é notória e, isso sim, é reprovável.

José Manuel Dias disse...

Assino por baixo.