quarta-feira, 3 de julho de 2013

Dos medos e dos mitos

Medos e mitosQuando acaba a razão surge a ameaça.

Eles não se calam. Eles não param de atirar mais medo para cima das ameaças.

Agora são os milhões que já perdemos desde ontem, como se ontem ou hoje tivéssemos comprado ou vendido alguma coisa e como se os ganhos e perdas da finança fossem independentes da compra e venda.

Já não chegava o "vem aí o segundo resgate" como se ele não estivesse atrás da porta devido aos maus resultados (já reconhecidos por Gaspar) das políticas autistas e destrutivas que este Governo "além da Troika" tem imposto.
LNT
[0.207/2013]

2 comentários:

Anónimo disse...

Dear Mr Barber,

I do like that little naughty thing you say about blogging moderation. It as powerful as shouting "what comes in must come out" in a Whorehouse.
You probably feel important, much more than you are.
Looking at it from Glasgow's West End, I start to understand why you Portuguese are not going anywhere.
In fact, there is nowhere to go.
Regards,

Luis Novaes Tito disse...

Caro gringo anónimo
A única importância que tenho aqui é a que me advém do facto de ser o autor deste blog. Quando recebemos alguém em casa esperamos que essa visita não se sente à mesa para comer com os pés.
Se pensa que os portugueses nunca chegarão a lugar algum leia a História de Portugal e ficará surpreso.
See you.