quinta-feira, 28 de maio de 2015

Mantê-los pobres

CãoEles detestam ter de pensar que, em vez de ser necessário cortar 600 milhões, é preferível conseguir mais 600 milhões. Detestam porque:

1º - Pensar é difícil;
2º - Reduzir as suas mordomias e as das suas clientelas para o conseguirem é impensável;
3º - Cortar é mais precioso ao entendimento da submissão do que conseguir.

Não se percebe o que está a escapar aos leitores.

Será que nunca mais entendem que um reformado com o dinheiro é uma ameaça para o desemprego que se quer alto para rechear a bolsa dos disponíveis baratos?

Sendo verdade que somos aquilo que comemos, a coligação só anda a comer porcaria.
LNT
[0.234/2015]
Enviar um comentário