quinta-feira, 16 de setembro de 2010

O cão do Obama

Bo - Cão de águaComo todos os outros que atingiram o mediatismo instantaneamente, também Bo, o cão do Obama, caiu no esquecimento.

Lamentável.

Afinal estávamos à beira da glória por termos conseguido meter um luso-descendente na Casa Branca e a passagem do animal à clandestinidade jornalística foi um rude golpe na promoção do nosso País que agora se limita a ser citado internacionalmente devido ao Acordo das Lages e a outras coisas que não lhe trazem grande vantagem.

Sabermos se o cão do Obama anda de trela vermelha ou amarela, ou se já reconhece a ordem de "rebolar", é muito mais relevante do que estar informado sobre o aperto do açaime que o PSD propõe para a nossa Constituição.
LNT
[0.311/2010]

4 comentários:

maloud disse...

Segundo as minhas fontes o Bo vai ter honras de capa no próximo livro do Obama. É a glória!

Luis Novaes Tito disse...

Viva a raça lusitana!!!

maloud disse...

E o dia da raça...

vitor dias disse...

Mais que a raça... O que eu sei é que o animal vai ser felis...