quinta-feira, 20 de Setembro de 2012

Da masturbação

Mão estacaAinda não consegui entender muito bem o que saiu destas duas semanas de marmelada entre o Psd e o Cds.

Sempre me quis parecer que se tratava de uma questão relacionada entre a teoria de andar à chuva sem se molhar, por um lado, e a de despencar a mioleira de quem engendra modelos teóricos contra uma ventoinha, por outro.

Um pouco radical, pensará quem desse lado está a apanhar com o que sobra da merda das teorias desta gente, mas que a coisa fede, fede e mais que feder, ...-nos.

Eles aí estão, aos beijos e carinhos, dizendo que não, dizendo que coiso e tal e tal e coiso, que aquilo que disseram não foi bem interpretado, convencidos de que a masturbação é o acto supremo para atingir a satisfação.

E as eleições que se lixem! Os eleitores que sobram, também!

Cínicos, aldrabões e dissimulados.
LNT
[0.441/2012]

Sem comentários: