domingo, 23 de agosto de 2015

Se não têm pão, comam croissants

Sardinhas Lisboa 2015

A drª. Cristas veio às televisões no seu melhor perfil de nariz arrebitado e voz nasalada de tia cascalense explicar que se quiserem comer umas sardinhas terão de fazer o favor de se dirigirem à Galiza (ou a qualquer outra terra espanhola) porque por cá já acabaram os santos populares e, graças a Deus, não teremos de continuar a suportar o pivete dos assadores de Verão.

A drª. Cristas aproveitou ainda para apontar o dedo a esses garganeiros armadores e pescadores portugueses que esgotaram as quotas do pescado em dois ou três meses quando teriam feito melhor em racionar a garganeirisse através de preços altos nos mercados durante toda a temporada, garantindo que as taxas de desemprego se mantinham estáveis até ao dia quatro de Outubro.

Agora, se quiserem peixinho, comam salmonetes, chaputa ou linguado que são espécies bem menos fedorentas e muito mais tipo Cristas, pecebem?
LNT
[0.251/2015]
Enviar um comentário