quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Ainda a estória do coelho e do consultor

CoelhoSe bem li, a coisa mais interessante no Plano B para o OE apresentado por Passos Coelho, é a compensação da redução dos benefícios fiscais em sede de IRS – vulgo "deduções" –, através da atribuição de Títulos de Dívida Pública ou Certificados de Aforro.

A coisa é interessante, repito, e é um achado. Melhor, nenhum outro consultor seria capaz de inventar com tanta imaginação. Uma verdadeira janela de oportunidade, um mundo novo sem complexidade de onde olhando transversalmente se conclui que a operacionalização da tal medida ficaria mais cara do que a poupança arrecadada.

Será que esta gente alguma vez pára para pensar?

A coisa menos interessante é verificar que alguém faz uma proposta para, em troca, se abster na votação daquilo que propõe.
LNT
[0.367/2010]

4 comentários:

fatbot disse...

Onde vamos todos chegar??? Será que ainda não chega tudo aquilo que já está ( mal ) feito ???

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

são jogos, qual o espanto
fazem parte do folclore nacional

mdsol disse...

Não, não pára!

Anónimo disse...

Bloco Central, Bloco de Esquerda, Bloco de Apontamentos, Bloco de Apartamentos. Tudo são Blocos
E será que com os Blocos resolvemos os problemas do país.
Estou a ver que sem Blocos a cois é mais fácil.
Com menos gente a governar também seria muito mais fácil. É que com tanta "douta" opinião e tanto "expert" em contas, nunca estivemos tão mal desde o 25 de Abril.
Porque não tentam os Blocos do LEGO????????? E vão para casa.
É só trafulhas !!!!!!!!!!!
LIVRA...........