quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Era só o que faltava

HavaianasA coisa resume-se na frase "era só o que faltava. As filhas das empregadas agora vestem-se como as meninas da casa" ou, em alternativa, "já não as conseguimos distinguir. Onde já se viu isto!".

A questão não se prende com o emprego para os jovens mas sim com o emprego para os "nossos" jovens, que é como que diz, ando eu para aqui a mandar os miúdos para a escola para depois ficarem desempregados devido a qualquer gato-pingado poder ir estudar.

E como se já não chegasse, até lhes davam novas oportunidades.

Vestem-se todos de igual, parecem-se todos iguais, uma vergonha!
LNT
[0.086/2012]

2 comentários:

Ana Cristina Leonardo disse...

O que me chateia nessa história das Novas Oportunidades é o facto de, por pura demagogia, terem destruído uma boa ideia. Aliás, destruir, adulterar, aldrabar boas ideias foi o que mais se fez durante os governos Sócrates. E é precisamente isso que eu não perdoo ao homem. Lixou as ideias de esquerda por uns bons aninhos. Aliás, é o que tem vindo a ser feito paulatinamente desde o tempo dessa sumidade chamada Tony.

Luis Novaes Tito disse...

Estamos de acordo. Embora não seja só por isso, também é isso que me chateia.