quarta-feira, 25 de setembro de 2013

A certeza nas dúvidas

DesdentadoEm Portugal é quase sempre difícil fazer uma análise correcta porque os dados fornecidos nunca comportam o rigor que permite saber a verdadeira extensão das questões.

Vem isto a propósito do tão propalado decréscimo de nascimentos e das gravíssimas consequências que advirão.

Lê-se no Expresso que se chega aos valores conhecidos com base na quantidade de testes do pezinho que têm sido realizados (não poderia haver melhor indicador?) e mistura-se tudo isso com os nascimentos dos descendentes imigrantes que retornam aos seus países e com a emigração que está a levar hordas de casais jovens (sem se pronunciar, p.e., sobre os nascimentos que esses casais promovem no exterior).

O problema é um dos mais graves devido às suas consequências, porque o decréscimo de natalidade vai por em risco todo o equilíbrio que sustém o nosso padrão de vida.

Estes estudos deveriam ser encarados com maior seriedade e deles deveriam resultar propostas para medidas eficazes. Termos o nosso destino na mão de contabilistas que só falam de tostões sem revelarem qualquer visão de futuro vai acabar por nos custar muito caro.
LNT
[0.313/2013]

2 comentários:

Janita disse...

Decréscimo na natalidade?
Então agora até está na moda dar à luz! Não, aquela ranchada de crias de antigamente, mas até as top models e as meninas das novelas, andam radiantes a mostrar os seus rebentos!

Essa história - ou estudo- está muito mal contada!

Espero que as férias tenham sido muito boas e refrescantes.

O menino da foto é seu netinho??

:)

Luis Novaes Tito disse...

Olá Janita.As férias boas e refrescantes já se foram e souberam muito bem. Espero que as suas também tenham corrido bem.
Não é a minha neta, ela é ainda mais gira :)
Abraço