sexta-feira, 13 de abril de 2012

Não concordo mas promulgo

Doces regionaisPara que servirá a tecnicidade de quem se fez eleger com base no conhecimento detido se, depois de eleito, promulga aquilo com que não concorda?

Como essa não-cordância não é política, porque é a sua escola, então refere-se aos efeitos que resultarão das medidas que promulga.

Ou é sádico, ou pouco lúcido.
LNT
[0.208/2012]

13 comentários:

Maria de Jesus Lourinho disse...

Poderá ser um bocadinho mais claro, mestre barbeiro? É que isto está a modos que um bocadinho confuso...

Anónimo disse...

Caro Luis
Desculpe (sei que não vai gostar) mas dalí não se esperava outra coisa.
Estou é mais preocupado com outras que não se esperavam. Não concordo, mas voto a favor. Este governo não serve os interesses nacionais, mas deve cumprir a legislatura... etc... etc...
Talvez ainda hoje aprofunde em letra de post esta coisa esquisita...
Desculpe o anonimato, mas tenho o computador nos cuidados intensivos
Abraço
Rodrigo (folha seca)

Luis Novaes Tito disse...

Maria de Jesus,
Quem promulga é só um. Quem fez as declarações de que promulga embora não concorde com tudo, também. Não me parece muito confuso.

Luis Novaes Tito disse...

Rodrigo,
Não me parece que se tenha votado a favor sem se concordar. Concordou-se e votou-se. Quis-se acrescentar mais qualquer coisa mas esse acrescento não mereceu concordância do Hemiciclo. Não passou.
A democracia é tramada e não compete à oposição decidir os períodos que a própria democracia para si determinou.
Certamente que haverá discordância com muito do caminho que se está a trilhar mas houve eleições e houve oportunidade de escolher. Agora há que respeitar a escolha.
Já em relação a quem promulga a coisa é diferente. Ele não é oposição, tem poderes próprios. Não faz sentido que promulgue aquilo com que não concorda, principalmente quando evocou, em período eleitoral, que a sua condição de professor de economia era uma garantia para o melhor.
Abraço

Maria de Jesus Lourinho disse...

Desculpe, mestre barbeiro, é a minha eterna mania, que pelos vistos não partilha, de chamar os bois pelos nomes. Sem eles fico um bocado bronca.

luis reis disse...

Exatamente qual é a diferênça entre este PS DE UM MENINO E O PSD DE OUTRO MENINO? Nenhuma,eles são tão mansinhos e educadinhos que em vez de nos apetecer dar umas murraças, a canalha afaga-os, atura-os, e perdoa-lhes tudo, tudinho.
Ai, era tudo tão mais fácil no tempo do querido lider, aqueles "ataques" de raiva,ui ...aquilo sim, é que era governar,tanto era assim, que a malta da direita e extrema direita, andava ás aranhas,tal a confusão ideologica,(todos iguaiszinhos)... bons tempos...depois,olha,a malta "habituou-se" e hoje tem o Tozé " o educadinho",ou o "mansinho", pròs mais chegados.

Joana Lopes disse...

Luís,
Tem aqui um recado…

zero disse...

O PS desceu nas intenções de voto passando de 31,4% para 27,8%, entre Março e Abril, conseguindo assim uma percentagem inferior aos votos conseguidos nas eleições legislativas de 2011 (28,05%). O partido liderado por António José Seguro perde assim, num mês, 3,6 pontos. (Barómetro mensal da Aximagem)

Care to comment?

Luis Novaes Tito disse...

Zero,
No care.

Luis Novaes Tito disse...

Joana,
Contra o meu costume, a esta corrente darei seguimento.
É que já experimentei e é mesmo verdade... :)

Luis Novaes Tito disse...

Luís,
A diferença é que os Partidos são radicalmente diferentes.
Não se pode por um Partido na oposição e depois exigir-lhe aquilo que faria se fosse poder.
A democracia é isto mesmo e os eleitores têm direito a ver cumprida a sua vontade.

luis reis disse...

Não são nada "radicalmente" diferentes.Minha nossa...
Zorrinho, o Vitalino e toda a tralha da terceira via Blairiana,está lá, todinha.É ela que manda, é ela que aparece na Imprensa, desavergonhadamente, sem pudor algum,a botar discurso,na ansia de poder e de mostrar "serviço" É ela que deixou este PARTIDO sem força Ideológica, que "convidou", tipos de merda como o ex Ministro das Finanças,e tantos outros, a filiarem-se no PS!!! Para quê?Como se esta gente tivesse algo a ver com SOCIALISMO!!!Gente que, só dizer a palavra SOCIALISMO,TINHAM E TÊM DE FAZER UM ESFORÇO ENORME PARA NÃO SE RIREM...
O Partido SOCIALISTA, esse,fui esperá-lo á estação de Santa Apolónia...hoje,passo ao largo, do LARGO DO....percebe???

Luis Novaes Tito disse...

Caro Luis Reis,
Os Partidos são formados por muita gente. Aqueles que evoca, meus camaradas também, são só alguns e, ao contrário do que lhe possa parecer, considero de imensa injustiça pô-los todos no mesmo barco. O Zorrinho tem pouco a ver com o Vitalino, p.e.