quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Indignado, uma ova. Estou é troikado além da troika e mal pago

ManifConfesso não me sentir indignado. Estou chateado que nem um peru, ando irritado com esta treta permanente de me meterem a mão no bolso sem o meu consentimento e enfurece-me o desplante com que falam do meu dinheiro com se se tratasse de um subsídio estatal que recebo e não do pagamento do trabalho que desenvolvo.

Podia manifestar-me na rua, podia juntar-me ao fado português e ao destino, mas não o farei, pelo menos para já. Vou escrevendo o que me vai na alma e como sou muito menos ingénuo do que pensava ser há uns tempos, estou convencido que é mais útil seguir esse caminho do que me misturar nas bandeiras que nunca deixarão de ter por trás umas carinhas larocas ansiosas pelos brilhos da TV.

Não será muito influente a minha escrita. Porventura não é, mas também eu próprio não o sou, nem quero ser. Gosto desta minha condição de zé-ninguém embora me recuse a ser um Egas Moniz que alomba com os males do Mundo e abre o peito às balas para protecção dos que já estão protegidos por coletes e guarda-costas.

Confirmo. Não estou indignado.
Estou é cada vez mais farto e ... (esteve quase para sair palavrão)
LNT
[0.444/2011]

4 comentários:

Hélio Manuel Coelho Matias disse...

Mas este é o "estado de espírito" de quem se sente...USADO.
É esta a minha sensação, depois de ter trabalhado o que a lei me exigiu (36 anos)...ter feito todas as comparticipações para o Estado (que a lei me exigia)...bolas, não TOLERO que com a maior desfaçatez chegue alguém à TV e..."você este mês vai receber menos"!
Não sou capaz (?!) de pôr aqui um palavrão...mas sei qual é!

Anónimo disse...

APOIADO

Ponto de Vista disse...

Não se amofine, há-de sair!
Como, por enquanto, somos democratas temos que aceitar o querer da maioria, tal como foi expresso pelo POVO PORTUGUÊS nas últimas eleições.
Não deixará de ser interessante ver a tal maioria "torcer as orelhas e não deitar sangue". O pior é que seremos todos a sofrer as consequências.
Mariano Pires

Anónimo disse...

Eu estou triste....mas não chocada nem sei bem como estou.
Eu que sempre achei que o protesto era na Rua hoje não me apetece mais essa via..apetece-me escrever escrever e manda-los a todos para.....
E s eo PS deixar passar o Orçamento ai outro galo cantará..