terça-feira, 25 de outubro de 2011

New Frontiers

New FrontiersAndava convencido que o contrato de concessão de ouro já tinha sido anunciado pelo Ministro dos Impostos na última conferência de imprensa mas, afinal, o Governo concluiu que as contas bancárias dos contribuintes não são a única mina aurífica a ser explorada.

O Álvaro anda numa excitação infinda de prospecção e prepara-se para um dia destes (as medidas que anuncia têm sempre um prazo indefinido para entrar em produção) abrir o garimpo no Alentejo que deverá passar a designar-se por Allentejo e deixará de ser conhecido como o celeiro de Portugal para passar a ser o Far West português.

Ah Álvaro, que nunca me enganaste com as tuas modernêras amaricanas.

Já estou a ver o lago do Alqueva a ser invadido por cowboys de peneira na mão a espantar tudo quanto seja pêga, achigã, pato bravo ou lagostim de água doce.
LNT
[0.478/2011]

3 comentários:

Anónimo disse...

Tenho mais uma teoria:
Isto da exploração do ouro faz todo sentido e não é ideia virgem porque, estou convencido, que a própria TROIKA já cavou, há muito..., um túnel virtual até às nossas reservas de Ouro.
Por esse túnel vai passar e carregar o material, todos os agiotas que têm manipulado as taxas de juro e coisas do além como o RATING da divida soberana...
No fundo, o pôr a malta a cavar no Alentejo é uma manobra de diversão para levarem o ouro que já está à superfície... é como dizem os grandes gestores: mais eficiente.

Luis Novaes Tito disse...

Vou pegar nas suas três teorias (de que gosto) e tentar fazer uma compilação para publicação no corpo do Blog.
Pena ser um anónimo sem sequer um Nickname que o identifique, mas ficamos assim.
:)

Luis Novaes Tito disse...

Para minha referência irei designá-lo por Tychonoff, ok?