quarta-feira, 8 de abril de 2015

Celeumas

PS

Como se esperava, o texto nº 180 levantou muita celeuma no Facebook.

Mas esperavam que, lá por a direcção de Seguro ter cometido a infantilidade de abrir a “simpatizantes” uma votação interna do Partido Socialista em vez de ter convocado de imediato um Congresso Nacional para debelar a insurreição de meia dúzia de deputados que viram em risco a sua inclusão nas próximas listas do PS, os militantes que sentiram os seus votos desrespeitados ficassem submetidos aos eleitores do “Livre” e de Marinho Pinto?

Então esses mesmos que foram tão pródigos no recrutamento dos tais “simpatizantes” e que agora se opuseram a que os “simpatizantes” se pronunciassem na feitura das próximas listas de deputados esperavam que os militantes, que viram os seus votos em Seguro anulados, tivessem um comportamento diferente, em relação a membros do Secretariado Nacional, daquele que os actuais dirigentes do PS tiveram em relação à direcção anterior?

Pois desenganem-se e que o primeiro amotinado contra a direcção anterior atire com os militantes que agora se amotinam para a Comissão de Jurisdição.
LNT
[0.185/2015]
Enviar um comentário