sábado, 25 de abril de 2015

Irrevogavelmente revogaram-se

CDS/PSDEscolheram o dia da Liberdade para dizerem ao País, tentando abafar os sons da Revolução com o seu fait-divers, que não se deixarão avaliar em separado.

Revogaram, irrevogavelmente, o valor de cada uma das forças para se apresentarem, muleta e espada, num único apresto para matar.

Nunca saberemos o que vale cada um e tanto lhes poderá sair uma volta em ombros (sem sabermos quem alomba com quem) como uma colhida fatal em duas virilhas.

Assim fizeram, declararam, assinaram e trocaram galhardetes.

Olé! Viva o novo vinte e cinco do quatro!
LNT
[0.217/2015]
Enviar um comentário