terça-feira, 12 de julho de 2011

Tcim-tchim, caro Seguro

ChampagneProponho-te um brinde.

Decididamente estamos no bom caminho e espero que hoje o deixes perfeitamente claro quando, às 22:00 horas, debateres na SICn com o nosso camarada Assis que, embora com o respeito que me merece e sem ofensa, faz-me sempre lembrar a Manuela Ferreira Leite, em homem, mais jovem e sem pérolas.

Proponho-te o brinde porque as apreciações que o Miguel Sousa Tavares fez ontem na SIC sobre a tua candidatura e em defesa da de Assis são, sabendo como nós sabemos que ele odeia o PS, a prova concreta que o Partido Socialista contigo à frente o incomoda e isso é bom para todos nós que gostamos que o Partido Socialista incomode os seus opositores.

Olhos nos olhos, como é costume nesta nossa campanha interna, proponho-te que brindemos com todos os que estão a construir contigo, meu caro António José Seguro, o nosso Novo Ciclo que, por ser um projecto aberto a todos os militantes e participado por todos que entendem ter algo a acrescentar-lhe, se diferencia do personalismo de quem, à boa maneira dos últimos anos, prefere convencer das suas ideias a construir soluções que envolvam as ideias de todos.

Assim sendo, brindemos então!
À tua, à nossa, ao nosso Partido e a Portugal.
LNT
[0.265/2011]

2 comentários:

Anónimo disse...

Está mau para barbearias e as conversas de barbearia estão, decididamente, fora de moda.
Parece que discutir ideias, princípios e valores é coisa que incomoda muita gente.

Luis Novaes Tito disse...

Parece é que as modas estão fora de moda.
As barbearias vão de vento em popa, os princípios e valores também. Que o digam todos os milhares de militantes que estão a construir o Novo Ciclo. Para além do mais têm cara e não se deixam ficar no anonimato.