terça-feira, 20 de outubro de 2015

Pieguices

CavacoPerdi boa parte da minha noite a ler o FaceBook. Se fosse editor fazia publicar um livro sem caras, mas com as sentenças, profecias e quase inverdades que, desta vez, desconfio não serem mentiras mas só não-verdades decorrentes de leituras apressadas e muitas das vezes atravessadas.

Amanhã ouviremos o PCP, os Verdes e o PAN.

Certamente iremos, de novo, ouvir dos dois primeiros dizer que existem intenções “bem orientadas” para se constituir um acordo que sustente um Governo do PS, ou um Governo onde não constem Passos nem Portas (uma destas duas versões já avançadas hoje).

Agora a minha ficção:

Cavaco não irá aceitar intenções.

Ou entre dois Governos minoritários escolherá o menos minoritário (mandando às ortigas o que exigiu anteriormente); ou
mandará todos para casa até que as intenções se transformem em acordos reais (voltando a confirmar a exigência anterior).

Acredito que ele optará pela primeira hipótese. Evocará a urgência e a tradição e passará a responsabilidade para os deputados na esperança de que sejam eles a votar e não os Partidos representados na AR.
LNT
#BarbeariaSrLuis
[0.279/2015]

1 comentário:

José Pimentel Teixeira disse...

E que tal publicar um FistBook?