terça-feira, 31 de março de 2015

Lido na Web [ VI ]

Like/Unlike
LikeJosé Carlos Alexandre
No tempo de Seguro, o PS apresentava entre 36 a 38% das intenções de voto nas sondagens. No tempo de Costa, o PS apresenta entre 36 a 38% das intenções de voto nas sondagens. Estes valores eram o “caminho das pedras” de Seguro. Na comunicação social, eram vistos como um sinal de fracasso e uma prova irrefutável da mediocridade e vacuidade do homem, que andava na política desde pequenino e não tinha feito mais nada na vida. Curiosamente, estes mesmos valores não suscitam os mesmos sentimentos e interpretações em relação Costa, que também anda na política desde pequenino e não fez mais nada vida.

LikePedro Correia
António Costa participou na campanha eleitoral da Madeira, apoiou o candidato fracassado, envolveu-se. E perdeu.
Estivesse ainda Seguro ao leme do PS nacional, acossado por um batalhão de bitaiteiros televisivos dispostos a "fazer-lhe a folha", e não faltaria o coro das carpideiras a bramar contra a "frouxa" liderança no Largo do Rato.
Como Seguro já não está, resta o silêncio.

LikeValupi
Nesta edição do Eixo do Mal conseguiu-se um raro momento de televisão. Aliás, único, irrepetível. Aconteceu no genérico final, no seguimento da bela homenagem a Herberto Helder servida pelo dizer de Fernando Alves, e também das admiráveis palavras do Daniel pedindo respeito pela memória do seu pai.
LNT
[0.175/2015]
Enviar um comentário