sábado, 24 de maio de 2008

Botão Barbearia[0.463/2008]
BoicoteBoicote GALP

Talvez não seja má ideia, pelo menos até que se arranje um logotipo mais apelativo, que se substitua, nos Blogs aderentes, o boneco anterior pelo Balão inchado da GALP (hoje mais inchado do que nunca depois de ter procedido a mais um aumento dos combustíveis).

Sabem que esta batalha é dura e que para além da própria GALP há muito mais gente (os accionistas) a ficar aborrecida com o boicote, para além do próprio Estado que arrecada no ISP, no IVA e também como accionista, verbas fabulosas. É claro, e os aumentos de hoje e as ameaças de provocarem desemprego nos postos de abastecimento são prova disso, que somos formiguinhas no carreiro de elefantes mas somos nós que estamos a encher os bolsos dos especuladores e compete-nos a autodefesa.

Ontem acusavam a OPEP de estar por trás destas manobras. Hoje, depois da OPEP ter anunciado que nada tem a ver com tudo isto, assobiam para o lado e arranjam mais argumentações inatendíveis (uma vez mais a "escalada") para justificarem receitas fáceis nos mercados bolsitas, nas aplicações financeiras e na pura especulação.

O barbeiro deixou de consumir produtos GALP e enquanto a GALP insistir no procedimento assim vai continuar.

Se a GALP vier a rever os seus comportamentos, o que sendo a líder do mercado português fará com que as outras petrolíferas sigam a sua peugada em Portugal, nessa altura voltarei a ser solidário com a marca.
LNT

Nota: O Post 456/2008 mantém-se em actualização permanente.
Na última actualização já contava com 63 Blogs aderentes.

Rastos:
USB Link-> o Jumento
-> Diário Económico - Boicote arrisca Galp a quebra de vendas de 13 milhões
-> Apdeites V2 - JPG
-> Absorto - Eduardo Graça
-> Aqueduto Livre - José Albergaria

8 comentários:

Comendador Antunes de Burnay disse...

Caro LNT, vamos por partes. Ao boicotar os combustíveis Galp e ir abastecer noutras petrolíferas estará, com 90% de probabilidades, a abastecer combustíveis ... Galp. E dá-se até o caso de a Galp ganhar com isso, começando pela possibilidade de ter que ir a uma "bomba" mais longe ou estar numa fila a consumir combustível durante meia hora. E, não deixando de abastecer Galp, estará a abastecer Galp sem que a Galp tenha custos de salários, manutenção, etc..

Depois, a verdadeira razão de aumento de combustíveis tem a ver com o facto de países como a China e a Índia estarem a querer consumir bens, veja lá a ousadia. Querem passar a andar de automóvel, a ver televisão, a aquecer-se, a comer carne.

Mas, caro LNT, não é isso que todos nós desejamos? Uma melhor distribuição de riqueza, o acesso de todos ao mercado? O problema, caro LNT, é que esta distribuição de riqueza é à nossa conta. Temos que abdicar de ir de carro ao café, de trocar de carro a cada cinco (cinco?...) anos,. Cá no meu (bom) fundo, parece-me ser a coisa certa...

Aquele abraço e ... bom boicote.

Anónimo disse...

http://kldt.blogspot.com/

Luís Novaes Tito disse...

Ah pois é,

Já cá faltava a culpa da China e da Índia e coisa e tal.

Mais um accionista excitado, é o que é, mais um daqueles que ainda gostaria de integrar nas suas acções pessoais aquilo que, por enquanto, ainda volta à redistribuição por ser arrecada em Impostos.

Essa da China e a Índia, tem graça!

Aqueduto Livre disse...

Caro LNT,
Peço-lhe, se esse for o seu interesse, para me visitar em Aqueduto Livre.

Aí inseri post titulado "Ainda a sonorosa campanha "anti" GALP" sobre a campanha que vem sendo animada por si.

Creio que ele há muitos modos de ver esta problemática: eu proponho alguns, diversos do seu,mas creio com alguma utilidade para o debate em curso.

Abraço,
Zé Albergaria

Comendador Antunes de Burnay disse...

LNT, dei-lhe a minha opinião. Em troca de uma opinião diferente da sua, o meu caro não encontra melhor que apelidar-me de "accionista excitado". Se o meu caro for tão eficiente no boicote como o foi no argumentário, estamos conversados...

Luís Novaes Tito disse...

Caro Comendador

O meu argumentário está todo escrito no corpo do Blog.

Se o meu caro não o consegue ver, estamos conversados, para além de quem não pretendo ser eficiente, mas sim eficaz.

Comendador Antunes de Burnay disse...

Bom amigo, desculpas aceites...

Archeogamer disse...

Eu digo sim ao boicote, aliás, nunca abasteço na Galp, ontem, hoje e amanhã. Cumprimentos!